Mercado pode fazer revista ‘genérica’ em bolsas de empregados, decide TST

brasil
12.01.2019, 16:42:51

Mercado pode fazer revista ‘genérica’ em bolsas de empregados, decide TST

Revistas sem contato físico e não específica a um empregado não ferem moral

Os ministros da Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho julgaram improcedente o pedido de indenização de uma encarregada de seção da WMS Supermercados do Brasil Ltda. (Rede Walmart) por causa da revista de bolsas e armários feita pela empresa. A decisão segue o entendimento do TST de que ‘as revistas dirigidas a todos os empregados e sem contato físico de qualquer natureza não caracterizam dano moral’.

As informações foram divulgadas no site do TST.

Em primeiro grau, a Justiça havia indeferido a indenização por entender que ‘a prática não configurou ofensa à imagem da empregada’.

Segundo uma testemunha, o procedimento foi adotado pela Rede Walmart de 2005 até 2009. As revistas eram feitas pelos seguranças na saída da loja, em finais de semana, e, durante a semana, na entrada dos funcionários.

O Tribunal Regional do Trabalho da 9.ª Região (PR), contudo, reformou a sentença, registrando que as revistas não eram feitas em local restrito, mas em local de passagens de pessoas.

Segundo o TRT-9, a medida não era necessária, ‘mormente quando a tecnologia fornece outros meios não constrangedores para a segurança do patrimônio do empregador (etiquetas eletrônicas, filmadoras, etc.)’.

Com isso, o TRT-9 condenou a empresa a pagar R$ 10 mil de indenização por dano moral.

Poder diretivo e fiscalizatório
No recurso de revista, a WMS sustentou que ‘não havia prova suficiente para justificar a condenação’.

O relator, ministro Walmir Oliveira da Costa, explicou que o TST firmou entendimento de que ‘o procedimento de revistas nos pertences pessoais de empregados, desde que realizado de forma indiscriminada e sem contato físico, como no caso da WMS, não configura ato ilícito e se insere no âmbito do poder diretivo e fiscalizatório do empregador, não gerando, portanto, constrangimento que caracterize dano moral indenizável’.

A decisão foi unânime.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cinco-do-central-park-um-caso-de-racismo/
Olhos que Condenam é a série mais vista da Netflix desde que estreou há duas semanas; corra pra ver
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/taylor-swift-se-dirige-a-homofobicos-em-nova-musica-you-need-to-calm-down/
Música é o segundo single de Lover, a ser lançado em 23 de agosto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/faria-show-na-bahia-todos-os-dias-afirma-mariana-aydar/
Cantora se apresenta, dentro do Conexões Sonoras, neste sábado (15), no Pelourinho
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lazaro-ramos-lanca-viagens-da-caixa-magica-projeto-multimidia-infantil-veja/
Além de álbum, projeto inclui clipes animados e em realidade virtual exclusivos para o YouTube
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/madonna-canta-em-portugues-em-faz-gostoso-parceria-com-anitta/
Nas redes sociais, brasileira comemorou: "Hoje eu durmo realizada"
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gloria-groove-e-iza-lancam-musica-em-parceria/
YOYO veio com um clipe cheio de cores e referências
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/idolo-do-futebol-australiano-elogia-gol-de-cristiane-classe/
Tim Cahill é o maior artilheiro da seleção masculina da Austrália com 50 gols
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mib-internacional-apresenta-uma-agente-feminina/
Tessa Thompson é a parceira de Chris Hemworth no quarto filme da franquia
Ler Mais