Moradores de favelas no Rio relatam tiros dados de helicópteros; veja vídeos

brasil
08.03.2019, 19:09:00
Atualizado: 08.03.2019, 19:13:50

Moradores de favelas no Rio relatam tiros dados de helicópteros; veja vídeos

Aeronaves da polícia passam bem perto de casas; R$ 4 mi em drogas foram apreendidos

O Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, foi alvo de uma operação policial, na manhã desta sexta-feira (8), que terminou com diversos disparos dados a partir de dois helicópteros das forças policiais que sobrevoaram o conjunto de favelas.

Segundo relatos e registros de moradores, os tiros foram disparados do alto. A Polícia Civil informou que agentes foram recebidos a tiros ao recuperar um caminhão com cerca de duas toneladas de maconha vindos do Paraguai. A droga é avaliada em R$ 4 milhões, segundo a assessoria da Polícia Civil.

A forma como os helicópteros foram usados, no entanto, não foi comentada.

Em uma postagem no Facebook, o Coletivo Papo Reto informou que "um dos helicópteros passou disparando e causando terror em algumas pessoas". Veja vídeo.

Membro do grupo, o ativista do coletivo, Raull Santiago, postou um vídeo ainda mais assustador que mostra a passagem das aeronaves no local. Veja a postagem.

Além disso, a plataforma online Onde Tem Tiroteio informou que os disparos estão sendo registrados desde as 6h.

Segundo a Polícia Civil, a operação ocorreu por conta da interceptação ao caminhão. Os policiais relataram que foram recebidos a tiros durante o resgate do veículo.

A ação contou com homens da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis, Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas.

A polícia disse que o entorpecente está sendo contabilizado e não informou se houve prisões, feridos ou mortos.

Já a Polícia Militar disse que um tiroteio começou quando policiais da UPP da Fazendinha foram surpreendidos por criminosos armados durante patrulhamento na comunidade. Até a tarde desta sexta, não havia registro de feridos ou mortos.

Os moradores contaram que os tiros estão concentrados na localidade da Fazendinha e um helicóptero também sobrevoa o Morro do Adeus, vizinho ao Alemão. Há também informações do uso de um blindado na comunidade - em junho do ano passado, uma operação com esse tipo de aeronave, no Complexo da Maré, terminou com seis moradores mortos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas