Moraes manda investigar Bolsonaro por vazamento de dados sigilosos da PF

brasil
12.08.2021, 19:34:00
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Moraes manda investigar Bolsonaro por vazamento de dados sigilosos da PF

Na última semana, presidente divulgou links com a íntegra de um inquérito policial restrito

O ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) ordenou, nesta quinta-feira (12), a abertura de um inquérito sobre o envolvimento do presidente Jair Bolsonaro no vazamento de uma investigação sigilosa da Polícia Federal.

A decisão segue o pedido encaminhado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última segunda-feira (9). A notícia-crime enviada ao ministro do supremo foi assinada por todos os ministros do TSE e relata a suposta conduta criminosa atribuída a Bolsonaro.

O caso aconteceu no último dia 4, quando o presidente divulgou nas redes sociais a íntegra de um inquérito da Polícia Federal que apura suposto ataque ao sistema interno do TSE em 2018. No entanto, a ação investigada, segundo o tribunal, não representou qualquer risco às eleições.
 
Moraes então determinou a remoção dos links disponibilizados pelo presidente e o afastamento do delegado da PF que era responsável pelo inquérito.
 
O ministro também definiu que o deputado Filipe Barros (PSL-PR) e o delegado deverão prestar depoimentos à Polícia Federal. A decisão não prevê o depoimento de Bolsonaro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas