Morre, aos 73 anos, o vice-almirante Arnon Barbosa

bahia
03.07.2022, 18:06:00
(Foto: Reprodução)

Morre, aos 73 anos, o vice-almirante Arnon Barbosa

Ele era pai do ex-secretário de segurança pública Maurício Barbosa

Faleceu, neste domingo (3), o vice-almirante da Marinha do Brasil, Arnon Barbosa, pai do ex-secretário de segurança pública da Bahia Maurício Barbosa. 

O vice-almirante era natural de Maceió, filho do ex-combatente do Exército Arlindo Barbosa da Silva, mas viveu a infância e adolescência em Feira de Santana. Arnon Barbosa deixa filhos e netos. Ainda não há informações sobre causa da morte.

Na Marinha, desempenhou funções de guarda-marinha, segundo-tenente, primeiro-tenente, capitão-tenente, capitão de corveta, capitão de fragata, capitão de mar e guerra e contra-almirante.

Dentre as comissões que participou, destacam-se: Navio Escola Custódio de Mello, Escola Superior de Guerra, Escola de Guerra Naval, Adidância Naval da Venezuela, Estado Maior da Armada, Ministério da Defesa, Diretoria de Ensino da Marinha, além de outros cursos. Arnon foi comandante do II Distrito Naval.

Em nota, a prefeitura de Feira de Santana lamentou o seu falecimento e decretou luto de três dias na cidade.

O velório será realizado na segunda-feira (4), às 13h, e a cremação às 16h, no Cemitério Bosque da Paz, em Salvador.

A Marinha do Brasil também se manifestou sobre o falecimento do vice-almirante: "O Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN) recebeu com profundo pesar a notícia do falecimento do Vice-Almirante Arnon Lima Barbosa, destacado Chefe Naval que comandou este Distrito no período entre 15/07/2008 e 10/05/2010. O Com2ºDN e toda Marinha do Brasil se solidarizam com familiares e amigos do Almirante Arnon e prestam sua homenagem pelos exemplos de honradez e liderança dedicados ao serviço da pátria."

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas