Morre em Salvador o jornalista e arquiteto Luiz Carlos Alcoforado

salvador
05.03.2019, 18:04:00
Atualizado: 05.03.2019, 18:04:59
Luiz Carlos Alcoforado em foto de 2018, publicada em uma rede social (Reprodução / Facebook)

Morre em Salvador o jornalista e arquiteto Luiz Carlos Alcoforado

Ele foi o primeiro editor de Esportes do CORREIO

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Primeiro editor de Esportes do CORREIO, à época Correio da Bahia, faleceu na última sexta-feira (1º), em Salvador, o jornalista e arquiteto Luiz Carlos Gonçalves Alcoforado, aos 77 anos. Ele foi sepultado no dia seguinte, no Cemitério Jardim da Saudade.

Repórter e redator das rádios Cultura e Cruzeiro, Alcoforado estava internado no Hospital da Bahia. Como jornalista esportivo, trabalhou ainda nas Emissoras e Diários Associados e no Jornal da Bahia, de onde se transferiu, em 1979, para integrar a primeira equipe redacional do CORREIO, cuja primeira tiragem circulou no dia 15 de janeiro daquele ano. Também foi correspondente esportivo, em Salvador, do já extinto Jornal da Tarde, de São Paulo. 

Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo na UFBA em 1970. Foi diretor da SEMRE - setor de Engenharia e Arquitetura da Prefeitura Municipal de Salvador - de 1971 a 1973. De 1976 a 1992, trabalhou como arquiteto assessor da presidência da Bahiatursa – Empresa de Turismo da Bahia.

Irmão do engenheiro, professor universitário e escritor Fernando Alcoforado e também de Bento Alcoforado, conselheiro da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, Luiz Carlos era proprietário de um escritório de arquitetura e negócios imobiliários.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas