Morre mulher que foi agredida na região da rodoviária de Salvador

salvador
17.01.2022, 12:29:00
(Bruno Wendel/CORREIO)

Morre mulher que foi agredida na região da rodoviária de Salvador

Segurança diz que ela estava com grupo que praticou arrastão nos arredores

A mulher que foi agredida a pauladas na região da rodoviária de Salvador morreu no Hospital Geral do Estado (HGE). A vítima foi identificada como Alessandra Ramos Neves, 23 anos. Depois da agressão, ela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o HGE, mas não resistiu.

Funcionários que trabalham na estação contaram que a mulher foi atacada após ela e alguns homens praticarem assaltos entre o Hotel Pirâmide e a rodoviária. "Apesar de domingo à noite, o trecho é movimentado por causa das pessoas que saem dos shoppings e dos moradores do entorno. E esse grupo que ela fazia parte é acostumado a roubar as pessoas diariamente, não só no local onde tudo ocorreu, como no ponto de ônibus em frente à rodoviária. Na hora, eles faziam um arrastão no trecho quando um outro grupo resolveu persegui-los", contou um segurança.

Um  outro segurança contou que a mulher foi a única que espancada. "O grupo dissipou, mas só ela foi alcançada. Deram murros, chutes e pauladas", relatou.

Tantos os dois seguranças quanto a administração relataram que a agressão não foi dentro da rodoviária. "O atendimento do Samu foi no perímetro da rodoviária. Algumas pessoas a deixaram lá", declarou Adevaldo dos Santos, gestor operacional do terminal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas