Mostra de decoração dá dicas baratas para deixar casa bonita

bazar
05.11.2018, 17:19:00
Atualizado: 05.11.2018, 19:29:34
(Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação)

Mostra de decoração dá dicas baratas para deixar casa bonita

Confira o que vimos de mais legal na Morar Mais Por Menos, que trabalha com soluções de baixo custo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se você pensa que decoração só pode ser cara e inacessível, a mostra Morar Mais Por Menos se propõe a provar o contrário. Aberta à visitação no espaço Hora da Criança (Av. Juracy Magalhães Júnior, próximo à Ceasinha), ela conta com 40 ambientes que aliam sustentabilidade, sofisticação e preços mais amigáveis. 

Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação

(Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação)

As ideias para diminuir custos de obra e decoração são muitas, desde evitar trocar itens durante reforma, como metais ou bancadas em um banheiro, até usar materiais em funções incomuns. O segredo é a criatividade, como conta o arquiteto Márcio Barreto, responsável pelo banheiro Banho Masculino. “A premissa inicial é que fique bonito, mesmo gastando pouco, então por que não usar diferentes artifícios?”, questiona. 

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, tecnologia, bem-estar, pets, decoração e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Em seu espaço, ele explora diversas possibilidades. O piso que cobre chão e parede, por exemplo, tanto em áreas secas quanto molhadas, foi sobra de caixas de porcelanato compradas em uma loja de material de construção. “Pedi as que eles tinaham sobrando no estoque e que dificilmente seriam vendidas, por isso ficaram mais baratas. Cortei em quadrados de 20x20 cm e fiz a paginação”, conta. O resultado foi um mosaico feito com as pedras em escala de cinza.

Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação

(Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação)

"A premissa é que fique bonito gastando pouco, então por que não usar diferentes artifícios?"
O Arquiteto Márcio Barreto sugere usar materiais em funções diferentes para os que foram pensados

O suporte da cuba da pia é um tubo de concreto de 30 centímetros de diâmetro, usado em redes de esgoto, apenas cortado na altura ideal para a pia. Custa, em média, R$ 30. Para a luminária, ele usou um varal de parede sanfonado. O espelho pelicano, aquele redondo queridinho de blogueiras, também foi feito por ele, com uma forma de bolo de R$ 45 com alça em courino. A parte mais cara foi o espelho, que custou R$ 80. O suporte para o papel higiênico também usou uma parte do tecido e um pedaço de cabo de vassoura de madeira cortado. No apoio para xampu e condicionador, no box, o arquiteto usou um suporte de jardinagem. “Pintei de preto com tinta spray, isso garante o ar sofisticado.” 

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração e pets:

Repaginando
Em outro ambiente da mostra, no Banho Unissex, das arquitetas  Silvana Sanches e Michele Barros, a saída foi manter estruturas, apenas transformando-as. “Deixamos a bancada da pia e mudamos o acabamento. O piso vinílico foi colocado sobre o que já existia. Os azulejos das paredes dos reservados também foram mantidos”, explica Silvana.

O novo acabamento da bancada, em cimento queimado, deu outra cara ao espaço, que era em granito. Os azulejos brancos dos reservados ganharam adesivos.  Elas recortaram em formas geométricas e colaram em cada azulejo 20x20 cm. O melhor disso é que, quando cansar, a “troca do azulejo” sai barato, basta trocar as figuras. “Adesivo é bom também para quem quer mudar a geladeira, freezer, porta de armário.”

Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação

(Foto: Marcelo Negromonte/Divulgação)

Clássicos
No mesmo ambiente, as arquitetas usaram um curinga do reaproveitamento: o caixote de feira. “A ideia era criar um suporte que pode servir como armário, daí criamos os nichos”, conta  Silvana. “Caixote dá para conseguir até de graça”, diz. Para um acabamento melhor, basta lixar. 

Outro clássico é o pallet, que também pode ser conseguido até de graça. No ambiente Quarto de Banho, das arquitetas Ana Antunes e Larissa Correia, o material deu origem a um deck, que se estende do chão ao teto. 

O evento vai até dia 25, de terça a sábado, das 16h às 22h. Aos domingos e feriados, das 15h às 21h. Os ingressos estão à venda pelos sites Sympla (sympla.com.br), Peixe Urbano (peixeurbano.com.br) e Safeticket (safeticket.com.br), com preços a partir de R$ 10.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas