'Muito feliz pelo gol e pelo resultado', comemora Léo Ceará

e.c. vitória
15.03.2020, 18:12:21
Atualizado: 15.03.2020, 18:51:41
Carleto e Léo Ceará marcaram na goleada do Vitória sobre o River-PI por 4x1 (Foto: Tiago Caldas/CORREIO)

'Muito feliz pelo gol e pelo resultado', comemora Léo Ceará

Jogador foi um dos marcadores na goleada de 4x1 do Vitória sobre o River-PI

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com o apoio de cerca de 3 mil torcedores - que, mesmo em tempos de pandemia do novo coronavírus, compareceram ao Barradão -, o Vitória aplicou uma goleada de 4x1 no River-PI, na tarde deste domingo (15), pela Copa do Nordeste. O resultado, criado com os gols de Thiago Carleto, Léo Ceará, Alisson Farias e Matheus Tenório - Luccas Brasil descontou - deixou o Leão muito perto de avançar às quartas de final da competição regional.

Léo Ceará, que mandou a segunda bola no fundo da rede do goleiro Mondragon, comemorou o triunfo. "Muito feliz pelo gol e pelo resultado. Sabíamos que seria muito importante para a gente. Sabíamos da dificuldade do jogo, por conta do jogo muito difícil de quinta (dia 12, contra o Ceará), muitos jogadores desgastados. Mas a gente correu bastante e o mais importante foram os três pontos", disse, em entrevista à Rádio Transamérica FM.

"A gente sempre trabalha para tentar melhorar, sempre tentar marcar gols. Numa oportunidade das poucas que eu tive, consegui fazer o gol. Mas como falei, eu não tenho mais 16 anos, tenho 25 anos, estou muito tranquilo. É trabalhar, tentar melhorar e ajudar o Vitória", continuou.

Autor do primeiro gol da partida, Carleto atuou bem e, mesmo sendo substituído aos 19 minutos do segundo tempo, por dores na perna, foi escolhido o craque da partida. Ele celebrou o troféu,

"Muito feliz. É um prêmio não só do Carleto, mas de todo o grupo. Um horário difícil, pouco tempo de recuperação depois de um jogo complicado contra o Ceará, campo chuvoso, a gente tendo que se desdobrar lá... E viemos aqui, fomos homens, tivemos a hombridade, conseguimos a vitória. Muito feliz com mais um gol, né? Acho que nosso grupo está em crescimento. (...) Muito feliz mesmo e agradecer pelo prêmio", falou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas