Mulher é baleada na cabeça dentro de casa pelo marido em Candeias

bahia
08.08.2016, 07:17:00
Atualizado: 08.08.2016, 17:16:47

Mulher é baleada na cabeça dentro de casa pelo marido em Candeias

Crime foi motivado por ciúmes do marido, identificado como Nailton dos Santos Almeida. A vítima foi atingida de raspão no rosto, mas já está fora de perigo

Sheila Assis de Jesus Almeida, 38 anos, foi baleada na cabeça pelo próprio marido na manhã deste domingo (8), no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador. Segundo informações da Central de Polícia, o crime aconteceu por volta de 6h30, dentro de casa da vítima, que fica na Travessa Javariri, no bairro Nova Candeias.

Os vizinhos relataram à polícia que o marido, identificado como Nailton dos Santos Almeida, era bastante ciumento e costumava agir com violência. O tiro atingiu de raspão o rosto de Sheila, que foi transferida do Hospital Municipal de Candeias para o Hospital Geral do Estado, em Salvador. De acordo com o delegado titular da 20ª Delegacia (Candeias), Marcos Laranjeiras, ela já recebeu alta e está fora de perigo. Ainda segundo ele, por segurança, Shirley deve ficar hospedada na casa de parentes na capital até que seja expedida a prisão preventiva do marido.

O caso foi registrado na 20ª Delegacia em Candeias e será investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). Segundo a delegada da Deam, Iola Assunção Nolasco, a vítima será intimada a depor na quarta-feira (10) e, a depender das declarações, será pedida a prisão preventiva de Nailton. Em nota, a Polícia Militar disse que não foi acionada para atender a ocorrência.

Diarista morta

Na noite de sábado (6) a diarista Sandra Lopes Bispo, 35 anos, foi morta com um tiro na cabeça, também no município de Candeias. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 20h, no bairro Santo Antônio. Um irmão da vítima, que não quis ser identificado, afirmou que Sandra estava em um bar, próximo à casa da mãe deles, quando foi atingida. Ele não soube dizer como aconteceu o crime, nem o suspeito de fazer os disparos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas