Mulher frita o pênis do marido em uma frigideira após matá-lo no Rio de Janeiro

em alta
10.06.2021, 10:55:48
Atualizado: 10.06.2021, 17:21:51
(Foto: Reprodução)

Mulher frita o pênis do marido em uma frigideira após matá-lo no Rio de Janeiro

Dayane teria agido em legítima defesa, diz advogada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma mulher foi presa em flagrante em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, após matar o marido. De acordo com as investigações, ela ainda cortou o pênis do falecido e, em seguida, o fritou em uma frigideira. O caso aconteceu na última segunda-feira (7).

De acordo com o Uol, os policiais foram chamados até a casa do casal, onde encontraram o marido morto, nu e mutilado. Ele foi identificado apenas como André.

Leia também: Produtor é demitido após pedir nudes a estudante para colocá-la no BBB

O casal ficou junto por 10 anos, tendo se separado em 2019. No entanto, encontros entre os dois ainda ocorriam rotineiramente. Eles eram pais de dois filhos.

Noite do crime
Na noite do crime, o ex-casal foi até uma lanchonete e discutiram. Na ocasião, André ficou raivoso e agrediu um filho do casal.

“A discussão continuou quando chegaram em casa e ele novamente, a ameaçou. Em um momento de descontrole, forte emoção e com medo de que ele atentasse contra a vida dela após diversas ameaças, ela acabou o matando”, afirmou a advogada Carla Policarpo.

A família e a advogada de Dayana Cristina Rodrigues Machado, de 33 anos, afirmam que ela sofria agressões físicas e psicológicas por parte do ex-marido, e já havia denunciado ele à polícia.

Na CPI: Mia Khalifa ‘presta depoimento’ na CPI da Covid: ‘Uma mulher do povo’

A irmã de André, Adriana Santos, no entanto, diz que o suspeito matou seu irmão como vingança por ele tê-la traído.

O caso segue em investigação pela polícia carioca.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas