Muro de condomínio de luxo desaba e lama invade casas em Itacaré: 'Perdemos tudo'

bahia
29.11.2021, 11:53:31
Atualizado: 29.11.2021, 14:24:38
(Foto: Reprodução)

Muro de condomínio de luxo desaba e lama invade casas em Itacaré: 'Perdemos tudo'

Ao menos sete pessoas ficaram feridas

Três casas foram inundadas e ao menos e sete pessoas ficaram feridas após o muro de um condomínio de luxo desabar, liberando a água e lama que represava em Itacaré, na Bahia. A construção cedeu durante as chuvas que atingiram a cidade entre na noite entre sábado (27) e domingo (28).

O surfista Cailan de Andrade, de 22 anos, passava pela rua em frente ao muro quando ocorreu o episódio. A lama o atingiu, carregando-o por 100 metros. "Me ralei todo e quase quebrei a perna. Inclusive, vai ter um campeonato de surf aqui na cidade e eu não vou poder disputar por conta disso. Estou chateado demais", lamentou.

Segundo testemunhas, uma criança também teria se ferido. A lama carregou o garoto para debaixo de um carro. 

A atleta de Muay Thay, Adrielle Almeida, conta que o condomínio Vista Itacaré desmatou muitas árvores para construir os lotes. Com isso, o barranco ficou exposto, sem vegetação para segurá-lo. 

Quando a terra começou a dar sinais de que ia ceder, um muro foi construído para poder represá-la. No entanto, nos últimos dias a construção apresentou rachaduras e técnicos enviados pelo Vista Itacaré foram até o local fazer uma vistoria.

"Só que eles vieram, deram uma olhada e apenas 'amarraram' o muro, sem dar nenhum reforço. Já estava claro que uma tragédia ia acontecer", conta a jovem, que postou vídeos das casas e ruas inundadas em suas redes sociais.

Os moradores das três casas atingidas perderam móveis, eletrodomésticos e objetos pessoais. "Teve gente que saiu correndo e não conseguiu nem buscar os documentos. Todo mundo perdeu tudo", revela Adrielle.

Nesta segunda-feira (29), um dia após a queda, o condomínio enviou equipes de limpeza para retirar o barro das ruas e das casas. Nas imagens, é possível ver que motos e até carros ficaram soterrados.

Moradores tiveram uma reunião na manhã de hoje com representantes do condomínio. No encontro, os responsáveis garantiram que irão ressarcir as vítimas.

A administração do Condomínio Vista Itacaré divulgou nota dizendo que o volume de chuva foi poucas vezes visto em Itacaré e se comprometendo a ajudar nos prejuízos. "Mesmo cercado de todas as autorizações legais com o mais alto nível de exigência em segurança, não foi possível evitar que danos ocorressem em imóveis vizinhos. Por este motivo, desde as primeiras horas do ocorrido, a Gleba 2 Empreendimentos empregou esforços para minimizar os impactos do triste evento, disponibilizando maquinário para reparos imediatos e designando equipe para tomar conhecimento de toda a situação e prestar os devidos auxílios pessoais e de ordem material. Prestamos nossa profunda solidariedade às pessoas impactadas pelas fortes chuvas e continuaremos trabalhando para trazer-lhes conforto e acolhimento".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas