Música do disco de Gilberto Gil censurada por 41 anos é regravada

marrom
13.05.2021, 06:00:00
Atualizado: 13.05.2021, 10:00:20

Música do disco de Gilberto Gil censurada por 41 anos é regravada


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Gilberto Gil e Jorge Alfredo em 1980 no Teatro Vila Velha tocando a música censurada (Acervo Jorge Alfredo)

O belo disco Refazenda, primeiro da trilogia que inclui Refavela e Realce, de Gilberto Gil, lançado em 1975 saiu sem uma música que foi censurada na época: Rato Miúdo, composta pelo compositor, cantor e publicitário Jorge Alfredo. Gil gostou tanto da canção que a incluiu no seu LP. Só em 2016 o tape foi descoberto e agora em 2021 a música foi regravada por Fernando Caneca no projeto Refazendo, com participação de Lenine. Para quem não sabe, Jorge Alfredo (que tem uma parceria muito produtiva com o também compositor, jornalista e publicitário João Santana Filho, Patinhas) continuou fazendo muitos shows em Salvador e no Nordeste, ficando conhecido nacionalmente com o hit Rastapé,  gravado em parceria com o saudoso Chico Evangelista e com músicas como Música  Alegre e Vestido de Prata, nas vozes de Era Encarnação e Paulinho Boca de Cantor. Jorge ficou muito feliz quando viu a emoção de Gi quando ouviu a música depois de anos e disse ter adorado a nova gravação. A gravação original está canal youtu.be/FW34qpaapDs  

Elza Soares fará abertura da 12ª Bienal da UNE 

Elza Soares (Foto Divulgação)


A escolha não poderia ser mais representativa. No dia 18 de maio, às 19h, a cantora Elza Soares fará o espetáculo de abertura da 12ª Bienal da UNE - Festival dos Estudantes, que homenageará a cantora. Com uma vida marcada por muito sofrimento e perdas irreparáveis, Elza Soares, no entanto, nunca deixou de ser a cantora maravilhosa, reconhecida ainda hoje aos 90 anos.  “Elza é antropofagia, é samba, é a representação da cultura popular que subverte as tradições e mostra a força e a diversidade do povo brasileiro que tem na arte também uma forma de resistência. Por isso chamamos de ‘Brasil, um povo que resiste’. Não iremos sucumbir, vamos juntos participar do festival da resistência!”, comentou a organização do evento. Para participar do show de Elza Soares e das outras atividades desta edição da Bienal da UNE,  inscreva-se pelo link bienaldaune.org.br #12bienaldaUNE #festivaldosestudantes

Aquecendo para o São João   

Léo Macêdo da Estakazero (Foto Cadu Moraes)


Ensaios de São João em Casa é o nome da live que Léo Estakazero apresenta dia 21, às 20h, comemorando 20 anos de carreira e abrindo temporada junina.  Ele receberá Jó Miranda e Noberto e lança a música Mais 20 anos, composta por Jó Miranda e Allan Requião. “Esta foi uma forma de agradecer e comemorar a carreira que temos”, disse o cantor. Assim como toda a discografia, a canção está disponível nas plataformas musicais. Na estrada desde 2001, Léo Estakazero é hoje um dos  principais nomes do forró.   

Comemoração  

Com 32 anos de carreira, o cantor e compositor Jonga Lima lança dia 22 seu décimo disco, Ideias à Prova de Bal. No site www.jongalima.com.br, redes sociais e plataformas de streaming, com distribuição pelo selo Tratore.  

(Foto: Divulgação)

TUM-TUM-TUM* 

1.   Com a perspectiva da realização do Carnaval em 2022, o bloco Voa Voa fará uma promoção de lançamento este mês. Como o tempo é de dúvida e caso não haja o Carnaval, o bloco dará três opções ao folião para ressarcir o valor pago: 1. Receber o valor pago corrigido pela caderneta de poupança. 2. Utilizar o valor pago na loja virtual Chiclete na Caixa. 3. Ficar com o abadá do Bloco Voa Voa pago para o próximo ano.   

(Foto: Divulgação)

2. Com a música Toma Vergonha (Rafinha e Flavinho Kadete), o cantor Rubynho, em carreira solo desde 2020, tem se destacado nas rádios de Salvador. Lançada em dezembro,  a música ultrapassou fronteiras, ganhando coreografias de dançarinos da China e da Argentina. “Toma Vergonha” também tem conquistado fãs como Bruno, do Sorriso Maroto, Gabi Martins, Xanddy do Harmonia, entre outros cantores que já expressaram admiração pelo single.   

(Foto: Divulgação)

3. - A cantora Wil Carvalho realiza neste sábado, às 20h, quando comemora seu aniversário, no Canal YouTube da FB4 Produções (Youtube/fb4producoes), a Live Wil Carvalho – Afro Bahia. O show tem arranjos e direção musical do multiinstrumentista Carlos Boca, acompanhado pelos músicos César Túlio (teclados), André Luba (contabaixo) e Joceval Santana (percuteria).  

(Foto: Divulgação)


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas