Na estreia de Wagner Lopes, Vitória empata com CRB e se afunda na zona

e.c. vitória
15.08.2021, 18:33:00
No Barradão, Samuel briga pela bola diante do CRB (Pietro Carpi/ECV)

Na estreia de Wagner Lopes, Vitória empata com CRB e se afunda na zona

Tropeço em casa diante do vice-líder faz o Leão cair na tabela da Série B: 1x1

Na estreia do técnico Wagner Lopes, o Vitória apresentou bom futebol, se impôs diante do vice-líder CRB, mas, pragmaticamente, o empate em 1x1 no Barradão, neste domingo (15), afundou o time ainda mais na zona de rebaixamento. O Leão não tinha chance de deixar o Z4 nesta 18ª rodada, porém o tropeço derrubou o time mais uma posição na tabela da Série B.

O rubro-negro agora ocupa a 18ª posição, com 15 pontos. Foi ultrapassado pelo Londrina, que venceu o Vila Nova por 1x0 e assumiu o 17º lugar, com 16. Confiança, na 19ª colocação, com 13 pontos, e Brasil de Pelotas, lanterna, com 12, completam o Z4. O CRB, que tinha a chance de assumir a liderança da competição, se manteve em 2º lugar, com 32 pontos, um a menos do que o Coritiba.

Sem ganhar na Série B há cinco jogos, o Leão está a três pontos do Cruzeiro, primeiro time fora da zona e também o máximo que o Leão consegue alcançar em apenas uma rodada. Falar em G4 já soa fora do tom, tamanha a distância, de 15 pontos, para o  Sampaio Corrêa, 4º colocado.

O jogo

O primeiro tempo de Vitória x CRB foi equilibrado. A equipe visitante começou melhor e chegou ao gol com Júnior Brandão. Após o baque, o rubro-negro se lançou mais ao ataque e conseguiu o empate na etapa final, com Marcinho. Aliás, o segundo tempo foi dominado pelo rubro-negro. Enquanto a equipe alagoana apresentou dificuldades para criar, a comandada por Wagner Lopes buscou a virada a todo instante. 

O gol do CRB aconteceu aos 18 minutos, em uma jogada de Jajá, que saiu fazendo fila pelo lado esquerdo e cruzou. A bola atravessou a área inteira sem ser cortada pela defesa e encontrou Júnior Brandão, que empurrou para a rede e fez 1x0 no Barradão.

Antes de sofrer o gol, o Vitória tinha chegado à área adversária em um chute de Samuel que o goleiro Diogo Silva conseguiu espalmar. E depois, o centroavante rubro-negro fez outra tentativa que parou em Diogo Silva. Com categoria, Bruno Oliveira também tentou, só que a bola passou perto da trave e saiu pela linha de fundo. 

O empate do Leão ficou para o segundo tempo, e Marcinho colocou emoção na partida logo aos 8 minutos: o camisa 11 recebeu de Roberto, chutou da entrada da área, contou com o desvio de Ewerton Páscoa e estreou a rede com a camisa do clube. O atacante contratado há 10 dias ainda viu a redonda bater no travessão antes de encontrar o endereço final.   

Depois do baque, o CRB apostou com Renan Bressan, que levantou e viu Guilherme Romão desviar por cima da meta. O Vitória reagiu com Pedrinho. Ele foi até a linha de fundo e cruzou para Soares, mas Caetano interceptou e salvou a equipe alagoana. 

Na sequência, o Vitória teve duas chances claras de virar o placar. A primeira foi com Soares, que cobrou falta forte e carimbou o travessão. Depois, Samuel mandou a bola pertinho da trave ao bater da entrada da área.

Os minutos finais do jogo ainda reservaram mais adrenalina. Aos 43, o Leão ficou com um jogador a menos. Pablo Siles foi expulso de campo por aplicar um carrinho em Renan Bressan. Nos acréscimos, Lucas Arcanjo teve que chamar a responsabilidade. Ele se agigantou ,defendeu o chute perigoso de Emerson Negueba e garantiu o empate no Barradão. 

O Vitória vai encerrar o primeiro turno da Série B fora de casa. Na quarta-feira (18), às 19h, o rubro-negro visita o Vila Nova, no estádio OBA, em Goiânia. A estreia no returno será como mandante, no dia 21, às 16h30, contra o Guarani, no Barradão. 

FICHA TÉCNICA

Vitória 1x1 CRB - 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata, Mateus Moraes, Wallace e Roberto (Pedrinho); Pablo Siles, Fernando Neto (Eduardo) e Bruno Oliveira (Soares); Guilherme Santos (Wesley Pionteck), Samuel (Eron) e Marcinho. Técnico: Wagner Lopes.

CRB: Diogo Silva, Reginaldo, Ewerton Páscoa, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Wesley) e Diego Torres (Renan Bressan); Pablo Dyego, Júnior Brandão (Alan James) e Jajá (Emerson Negueba). Técnico: Allan Aal.

Estádio: Barradão
Gols: Júnior Brandão, aos 18 minutos do 1º tempo; Marcinho, aos oito minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Eduardo; Guilherme Romão
Cartão vermelho: Pablo Siles
Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes, auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva e Tiago Gomes da Silva (trio de Goiás).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas