Não entra ninguém: praias interditadas têm fiscalização intensa

salvador
30.09.2020, 15:01:00
Atualizado: 30.09.2020, 15:01:55
(Bruno Concha/Secom)

Não entra ninguém: praias interditadas têm fiscalização intensa

Guarda municipal conta até com drone para fiscalizar

As quatro praias que foram interditadas em Salvador, após o descumprimento dos protocolos de segurança por parte da população, seguem sendo fiscalizadas e sem grandes episódios de novos descumprimentos.

A Guarda Municipal de Salvador, responsável pela fiscalização, montou um esquema com 80 agentes, 18 viaturas e um drone para controlar o acesso da população às praias de Amaralina, Cantagalo, Piatã e Boa Viagem, que estão fechadas para o público. A operação conta com apoio de agentes da Secretaria de Ordem Pública (Semop), da Transalvador e também passará a ter o suporte ostensivo da Cavalaria da Polícia Militar, a partir desta quinta (1), nas praias de Piatã e Amaralina. 

“São locais que mais tiveram problemas no final da tarde do domingo passado (27), por conta das cenas de aglomerações e banhistas descumprindo as restrições, já que nenhuma praia de Salvador pode ser frequentada aos finais de semana”, explica o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da GCM, Maurício Lima.

De acordo com o ele, neste primeiro dia de interdição das quatro praias, não foram registrados problemas. "Pela manhã, não houve nenhuma pessoa em Boa Viagem e Cantagalo, enquanto que em Amaralina a Guarda orientou a saída da faixa de areia de alguns frequentadores que queriam fazer atividades físicas. Já em Piatã a situação também esteve sob controle ”, avalia Maurício.

Fechadas por uma semana inicialmente, com possibilidade de prorrogação, as praias serão fiscalizadas por este período. “Nosso papel é orientar o cidadão quanto às proibições relativas às praias e fazer se cumprir as recomendações sanitárias", afirma diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência.   

As quatro praias fechadas ao público estão sinalizadas com estacas e arames lisos, gradis, balizadores, além de galhardetes com as informações do decreto e orientações ao público.  

Funcionamento
As praias em Salvador foram reabertas no dia 21, mas seguem algumas normas, como uso de máscara na faixa de areia. Seguem interditadas, além das quatro praias citadas acima, as do Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, e a do Porto da Barra, por terem uma faixa de areia reduzida e pela intensa procura.  

Já as praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira e Itapuã continuam podendo receber banhistas, porém abrem apenas de terça a sexta (isso porque elas costumam ser muito procuradas às segundas). As demais praias abrem de segunda a sexta, em horários livres e com exceção sempre de feriados.  

Desde o inicio das fiscalizações para conter o avanço do coronavírus em Salvador, a força-tarefa já dispersou cerca de 470 aglomerações em áreas públicas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas