Não permitiremos venda de terras para estrangeiros, diz Bolsonaro na Bahia

bahia
21.01.2021, 14:39:20
Atualizado: 21.01.2021, 14:53:08
(Alan Santos/PR)

Não permitiremos venda de terras para estrangeiros, diz Bolsonaro na Bahia

Presidente visitou oeste baiano para inaugurar trecho recapeado da BR-135

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (21) que, se depender de sua atuação e da bancada de deputados federais da Bahia, não permitirá venda de terras e imóveis a estrangeiros. “Esse país é nosso e de cada um de nós”, completou o presidente. O presidente também disse esperar entregar mais títulos rurais e afirmou que, com a entrega das propriedades, “as pessoas se libertam de um jugo que outros governos impuseram”. “Em dois anos do meu governo nós entregamos mais títulos do que 20 anos de governos anteriores”, disse. De acordo com o presidente, “aqui no Brasil, a propriedade privada é sagrada”.

Bolsonaro cumpriu agenda em Coribe, oeste baiano, para inauguração de trecho recapeado de 67 km da rodovia BR-135, que atende o escoamento de grãos do interior dos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Acompanharam o presidente os ministros do Turismo, Gilson Machado, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, bem como o deputado federal José Rocha (PL-BA).

(Foto: Alan Santos/PR)

Durante a cerimônia, Bolsonaro elogiou a atuação de Freitas – segundo o presidente, “hoje, a figura mais importante” – e a do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Apesar das disputas entre pastas sobre a destinação de recursos para investimento em obras de infraestrutura ou atenção ao teto de gastos, Bolsonaro afirmou que, em seu governo, “todos os ministros se entendem e remam na mesma direção”.

Freitas anunciou também que o governo federal deve entregar 170 km em obras de rodovias recapeadas ou duplicadas na Bahia até o fim de fevereiro. “Vamos entregar mais 25 km de duplicação da BR-101, mais 15 km de duplicação da BR-116. As obras não param. Mais quase 80 km de pavimentação da BR-235, que começa no litoral de Sergipe e termina na Ferrovia Norte-Sul, ou seja, nós estamos integrando o Brasil”.

O presidente foi cercado por apoiadores antes e depois do evento, muitos sem máscara. Depois da cerimônia, ele ainda saiu em cavalgada pela cidade.

(Foto: Alan dos Santos/PR)


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas