Negócio certo: os melhores ramos para empreender na internet em 2021

salvador
27.09.2021, 06:00:00
Atualizado: 05.10.2021, 13:07:13

Negócio certo: os melhores ramos para empreender na internet em 2021

Pet shop, casa & construção, brinquedos... Quais setores vão bombar ainda neste ano?

Será possível empreender e ter sucesso em meio à crise da pandemia? Os números do e-commerce (vendas online) no Brasil e o relatos de alguns empresários baianos mostram que sim.

No 19º episódio do podcast O Que a Bahia Quer Saber, você conhecerá os ramos que explodiram em 2021 com vendas na internet: pet shops, móveis e artigos para casa, brinquedos, moda e muito mais.

Clique no player abaixo para ouvir o episódio do O Que a Bahia Quer Saber:

Para ouvir diretamente no Anchor, clique aqui.

Você também pode ouvir em outros aplicativos (veja abaixo)

E mais: quais os setores que podem estourar nos próximos meses. Para a Black Friday 2021, o e-commerce prevê um faturamento 18% maior do que o do ano passado. Ar-condicionado, ventilação, iluminação e móveis devem puxar esse efeito.

Além disso, ouvimos especialistas do e-commerce trazendo dicas para quem quer montar a sua loja online. Antigamente podia até ser complicado, mas hoje é plenamente acessível e fácil. Acredite!

Também trazemos casos de empresas baianas que apostaram firme na internet e colheram frutos nos dois últimos anos. Gente que abriu várias lojas online, de diferentes segmentos, ou gente que conseguiu até abrir lojas físicas por conta do enorme sucesso.

Para o programa, conversamos com Narcizo Neto, proprietário da Good Lovin Snacks (@good_lovin_snacks) e consultor da Animaze Pet Club (@animazepetclub). Também falamos com Mauro Ribeiro, diretor comercial das Lojas Buriti (@lojas.buriti), de Itabuna.

Também ouvimos Andrea Fernandes, CEO do T. Group (@tgroupbrasil), o maior grupo de acompanhamento do e-commerce no Brasil e que traz dados relevantes sobre setores que mais cresceram.

O Empreendedorismo é um projeto do Correio com o patrocínio da CF Refrigeração, Jotagê Engenharia e apoio da AJL Locadora.

Toda semana, você tem no podcast O Que a Bahia Quer Saber uma matéria especial em formato de áudio. Um mergulho em algum tema de relevância para o estado. Você poderá acessar os episódios aqui mesmo no site do Correio* no seu aplicativo favorito de podcasts: no Spotify, no Deezer, no Anchor, no Google Podcasts ou no Apple Podcasts.


Você também pode ouvir nos aplicativos de sua preferência:


Spotify:

Para ouvir diretamente no Spotify, clique aqui.


Apple Podcasts:

Para ouvir diretamente no Apple Podcasts, clique aqui.


Deezer:


Para ouvir diretamente no Deezer, clique aqui.


Google Podcasts:


Para ouvir diretamente no Google Podcasts, clique aqui.


Outros aplicativos


Para ouvir no Pocket Casts, clique aqui.

Para ouvir no Breaker, clique aqui.

Para ouvir no Radio Public, clique aqui.


Mas... O que é "podcast"?

Podcast é um programa de áudio, igualzinho a um de rádio. A diferença é que você pode ouvir quando, como e onde quiser. Pode ser no celular, no computador ou na TV. Se quiser, você pode pausar, voltar, adiantar ou pular os trechos, se preferir.

Para ouvir, basta tocar no player acima. Ou, se preferir, basta clicar nos links para ouvi-lo no Spotify, no Deezer, no Apple Podcasts ou no Google Podcasts. Também é possível buscar os episódios diretamente nos aplicativos.

O Que a Bahia Quer Saber

O CORREIO produz podcasts desde 2017, quando iniciou o Bate-Pronto Podcast, sobre futebol baiano. Em 2020, lançamos o O Que a Bahia Quer Saber, podcast diário com notícias relevantes para o estado.

Em 2021, o O Que a Bahia Quer Saber volta com formato especial: a cada semana, o leitor (e ouvinte!) terá uma matéria especial, com o padrão do CORREIO de jornalismo, porém explorando toda a riqueza que o áudio pode trazer.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas