Negócios: Startup ajuda inquilinos

negócios
23.05.2017, 08:13:00
Atualizado: 23.05.2017, 08:13:49

Negócios: Startup ajuda inquilinos

Plataforma garante o pagamento do aluguel com base no limite do cartão de crédito, desburocratizando todo o processo, e também faz o papel do fiador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Levantamento realizado pelo setor de pesquisas do Sindicato da Habitação da Bahia (Secovi-BA) a partir de dados do Tribunal de Justiça do estado revela que, em 2016, houve um aumento de 7,14% no número de ações de despejo de inquilinos em Salvador com relação ao ano anterior. Um grupo de empresários acredita que a inadimplência no aluguel – uma despesa tida como essencial - é fruto de dificuldades momentâneas dos inquilinos e do engessamento dos contratos de locação, o que dificulta negociações pontuais. Esse grupo é responsável pela startup CredPago, uma plataforma que garante o pagamento do aluguel, com base no limite do cartão de crédito, desburocratizando todo o processo. A empresa também faz o papel do fiador no momento da assinatura do contrato de locação.

A ideia é que a startup restitui às imobiliárias o valor do aluguel não pago pelo inquilino, que vai pagar esse valor parcelado como pagaria uma compra no cartão de crédito.  O limite do cartão também é usado para medir o risco de inadimplência do consumidor no momento de fechar o contrato de locação, quando a CredPago entra como fiador do documento. Ao fazer a intermediação entre inquilinos e imobiliárias, a empresa garante o pagamento de até 12 vezes o valor do aluguel contratado e indenizações para as despesas de taxas de condomínio e IPTU e de eventuais danos causados no imóvel.

Casamento blindado

Na contramão da crise, período em que vigora os ditos populares do ‘meu pirão primeiro’ e do ‘cada um por si e deus por todos’, pesquisa do Mercado Livre, maior market place da América Latina, mostra que o sonho de se casar e constituir familiar segue forte.  O estudo mostra que, entre janeiro e março deste ano, as vendas de vestidos de noiva aumentaram 140% em comparação ao mesmo período do ano passado. As alianças, por sua vez, tiveram um crescimento de 107% em vendas nos três primeiros meses deste ano. Já a comercialização de convites pelo site aumentou 11 vezes na mesma base de comparação. Os números se referem a operações registradas em todo o país.

Fique por dentro

Telefonia: A Oi investiu mais de R$ 42,3 milhões na Bahia no primeiro trimestre de 2017, a prioridade foi na infraestrutura e modernização da rede para melhoria da qualidade do serviço aos clientes. 

Encontro: O Santander realiza amanhã, em Salvador, reunião pública anual com acionistas, investidores e clientes para mostrar os resultados do 1º trimestre de 2017 e a estratégia do banco no Brasil. A apresentação será feita pelo diretor do setor de Relações com Investidores, André Parize, e pelo superintendente Regional do banco na Bahia, Jorge Thompson.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas