Neil Gaiman e Amanda Palmer se divorciam durante a quarentena

em alta
05.05.2020, 10:11:26
Atualizado: 05.05.2020, 19:16:12
(Foto: Reprodução)

Neil Gaiman e Amanda Palmer se divorciam durante a quarentena

Relacionamento não terminou bem e os dois 'lavaram roupa suja' publicamente

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mais um casal foi vítima da quarentena. Após Whindersson e Luísa Sonza e Mayra Cardi e Arthur Aguiar, foi a vez de do escritor Neil Gaiman e a cantora Amanda Palmer. 

O fim do casamento entre o autor do quadrinho ‘Sandman’ e de livros como ‘Deuses Americanos’ e ‘Cornaline’ com a vocalista do The Dresden Dolls veio a público através de um post de Palmer em sua vaquinha virtual recorrente no site Patreon.

Ela surpreendeu os fãs dela e do marido anunciando que Gaiman havia retornado para o Reino Unido e deixado ela e o filho de 4 anos para trás, na Nova Zelândia, onde os dois estavam em quarentena desde o início da pandemia do novo coronavírus. Gaiman posteriormente confirmou o término em um tuíte no qual deixou implícito certo desconforto com o anúncio da ex.

“Como as pessoas estão confusas perguntando e o meu telefone está cheio de ‘onde está o Neil’... Eu concluo que ele contou para a internet que deixou a Nova Zelândia e achei que valia vir aqui com uma breve explicação”, escreveu Palmer em seu post.

“O Neil voltou para o Reino Unido, o meu coração está partido e eu estou realmente sofrendo. Eu ainda vou ficar quarentena aqui na Nova Zelândia com o Ash durante um futuro próximo”, afirmou a artista, citando nominalmente o filho de 4 anos. “Para que vocês saibam: isso não aconteceu por causa da COVID ou da quarentena, apesar do momento chegar a ser engraçado de tão ruim”.

“Algumas coisas vieram à tona assim que chegamos à Nova Zelândia. Para ser justo com todos e para preservar o pequeno Ash (que não será pequeno para sempre), os detalhes não virão à público”, encerrou a artista.

Posteriormente foi a vez de Gaiman tratar do tema, em um tom interpretado como passivo-agressivo por muitos: “Eu vi que a Amanda contou para as pessoas que nós (assim como grande parte do mundo) estamos passando por momentos difíceis. É verdade, estamos. É muito difícil e pedimos por privacidade (eu não falarei sobre isso em público) e também carinho, por nós e pelo Ash”.

Algumas horas depois, Palmer reforçou sua mensagem pelo Twitter: “Como muitas pessoas estão perguntando, não, o que estamos passando não é decorrente da quarentena ou da COVID. Agradecemos pelas mensagens, pelo respeito, pela compreensão e pelo carinho”.

Na avaliação de muitos fãs do agora ex-casal, ficou implícito que Gaiman não gostou de Palmer tornar o término do casamento público antes de informá-lo. A imprensa internacional diz ter entrado em contato com assessores do escritor pedindo outras informações sobre o ocorrido, mas eles responderam com o link do tuíte de Gaiman sobre o tema.

“Esse anúncio bagunçado dos dois é o drama que não precisávamos durante a quaretena”, lamentou uma pessoa no Twitter. “O Gaiman todo discreto e a Amanda bagunçando tudo pelo Patreon”, criticou outra. “Ta aí um anúncio esquisito de fim de casamento…”, brincou uma terceira.

Gaiman e Palmer tornaram público o relacionamento dos dois em 2010, na festa de aniversário de 50 anos do escritor. Eles falaram publicamente sobre o romance em 2011, em entrevista ao jornal britânico Sunday Times na qual falaram que mantinham um relacionamento aberto. Eles se casaram em 2011 e o filho deles nasceu em 2015.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas