Nescau e Tamar se unem contra canudos plásticos

sustentabilidade
07.02.2019, 13:00:00
A parceria entre a Nestlé e o Projeto Tamar foi firmada no final da tarde de terça, em Praia de Forte, em seguida, outras ações serão realizadas no Brasil (Divulgação)

Nescau e Tamar se unem contra canudos plásticos

A meta é que as embalagens do produto substituam o canudo de plástico em 100% da produção do achocolatado até 2025

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Sabe aquele canudinho plástico que você usa por no máximo quatro minutos para tomar sua bebida favorita? Ele demora até 200 anos para se decompor e é responsável por 4% de todo o lixo plástico encontrado no mundo. Com a proposta de auxiliar na mudança de postura no uso desse poluente, a Nestlé lançou no final da tarde dessa terça-feira (5/2), num evento realizado no Projeto Tamar de Praia do Forte, a campanha #JogaJunto. A meta é retirar os canudos de plástico das embalagens de Nescau de circulação, substituindo por embalagens com canudos de papel e packs sem canudo algum.

De acordo com a diretora de bebidas da Nestlé Brasil, Fabiana Fairbanks, a escolha do Projeto Tamar para sediar a primeira ação de sensibilização da marca é justificado pelo fato da organização ser um dos principais projetos sócio ambientais do Brasil e referência em educação ambiental para preservação das tartarugas.

"Para nós, é uma honra estar ao lado de uma instituição reconhecida e respeitada globalmente e que realiza um trabalho tão importante tanto para o meio ambiente quanto para a sociedade. Esperamos que a força de Nescau dê ainda mais energia na batalha do Tamar por essa causa tão nobre”, destacou, ressaltando que meta é que 100% da produção de Nescau, até 2025, tenha substitutos ao canudo plástico.

Nas próximas semanas, os consumidores encontrarão packs de Nescau Prontinho com o novo canudinho, iniciativa que vai retirar mais de 4 milhões de canudos plásticos do mercado, quantidade que, se colocada em fila, equivale a uma viagem de ida e volta de Salvador (BA) à Aracaju (SE). E isso só no primeiro ano do projeto.

O processo acontece de forma gradual devido às limitações operacionais, já que não existem fornecedores brasileiros suficientes para produzir em uma escala que atenda à cadeia do produto. Os canudos que integram a iniciativa são de origem coreana.

“Nossa proposta não se limita a trocar o plástico por papel, mas queremos encontrar outras alternativas que tornem o canudo dispensável ou que possamos produzir de modo que um canudo que seja comestível ou biodegradável, sem poluente algum”, completou Fabiana, que esteve na coletiva realizada em Praia do Forte.

As novas embalagens não terão custo adicional para os consumidores.

Como a perspectiva é encontrar soluções conjuntas, a campanha #JogaJunto e a parceria com o Tamar ocorrem em paralelo com o lançamento da plataforma de inovação aberta denominada Henri, em homenagem ao fundador da empresa, Henri Nestlé. Por meio dessa plataforma, empreendedores de todo o mundo poderão propor ideias que tragam mais soluções para a questão dos canudos. Os projetos selecionados terão suporte financeiro e o apoio da Nestlé para o desenvolvimento por meio do site www.nescau.com.br.

No que diz respeito às ações entre Nestlé e Tamar, ainda estão em processo de ajuste e as organizações não divulgaram valores para o contrato. Para a gerente de comunicação institucional do Projeto Tamar, Nina Marcovaldi, a iniciativa já lança perspectivas muito boas, especialmente por começar com o público infantil. “Nossa experiência com projetos de educação ambiental, como o Tamarzinho, mostra que esse público é extremamente sensível e um multiplicador de conhecimento muito potente, então esperamos poder contribuir com essa campanha que também colabora com nosso próposito de manter o ambiente marinho protegido”, finaliza. 


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas