Neymar ignora críticas e avisa: 'Vim para ganhar'

ba-vi
02.07.2018, 16:20:00
Atualizado: 02.07.2018, 17:00:43
Neymar diz não se importar com críticas (Pedro Martins / MowA Press)

Neymar ignora críticas e avisa: 'Vim para ganhar'

Atacante também falou sobre a dificuldade de furar o bloqueio dos mexicanos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A ousadia de Neymar incomoda. Dribles, passes desconcertantes, talento nato. Criticado por simular ou exagerar nas faltas, ele tem evitado polêmica nesta Copa do Mundo e ainda não havia dado entrevistas na Rússia. Destaque do triunfo por 2x0 contra o México, pelas oitavas de final, com um gol e uma assistência nesta segunda-feira (2), ele, enfim, quebrou o silêncio e comentou o fato de ser sempre alvo de críticas.

"Eu acho que falam para tentar minar. Eu não ligo muito para críticas, às vezes nem mesmo para o elogio. Isso pode influenciar a cabeça do atleta. Esses últimos dois jogos eu não falei com a imprensa porque não queria polêmica. Tem muita gente falando, uns se alteram, não sei se querem aparecer. Eu só tenho que jogar futebol, ajudar minha equipe. Eu vim para ganhar, não para outra coisa", declarou.

"Espero poder melhorar cada vez mais, sabia que precisaria de ritmo para voltar ao meu nível normal. Hoje já me sinto muito melhor, estou muito feliz pela partida de hoje. Parabenizo toda a equipe pelo trabalho, esforço, estamos melhorando cada vez mais", analisou o camisa 10 da Seleção.

Neymar também falou sobre a dificuldade de superar a defesa mexicana e elogiou o goleiro adversário. "Ochoa é um grande goleiro, sabemos da qualidade dele. Parabenizo por uma grande partida, mas eu não desisto nunca, sou brasileiro. Foi um gol de vontade, percepção, de estar ligado na partida. Consegui empurrar a bola para dentro", completou.

O jogo das quartas de final da seleção brasileira será contra a Bélgica, na sexta-feira (6), às 15h, em Kazan. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas