Nossa Senhora Sant’Ana é homenageada em missa e carreata pelo bairro de Nazaré

minha bahia
21.07.2018, 20:41:52
Atualizado: 25.07.2018, 17:09:12
Santa foi homenageada em uma carreata pelas ruas do bairro de Nazaré (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

Nossa Senhora Sant’Ana é homenageada em missa e carreata pelo bairro de Nazaré

Programação festiva na Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant’Ana vai até o dia 26, data em que é celebrada o dia da padroeira dos avós

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ela fez curso para noivos, batizou os filhos os netos e ainda casou uma das filhas na Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant’Ana, em Nazaré.  Tanta devoção tem um bom motivo. “Ela salvou a vida do meu marido. O significado dela pra mim  é de acolhimento”, afirma a aposentada Ana Lúcia Dias, de 68 anos, que há 40 deles faz questão de participar das homenagens a avó de Jesus Cristo. 

A devoção da aposentada Ana Lúcia Dias já dura 40 anos: 'ela salvou a vida do meu marido'
A devoção da aposentada Ana Lúcia Dias já dura 40 anos: 'ela salvou a vida do meu marido' (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)
Após a carreata, imagem retornou a Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant'Ana
Após a carreata, imagem retornou a Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant'Ana (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)
Missa foi celebrada pelo pároco da igreja, José Abel Carvalho Pinheiro e o bispo auxiliar de Salvador, dom marco Galrão Leite de Almeida
Missa foi celebrada pelo pároco da igreja, José Abel Carvalho Pinheiro e o bispo auxiliar de Salvador, dom marco Galrão Leite de Almeida (Foto: Arisson Marinho/ CORREIO)

A programação festiva dedicada a santa começou hoje na Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant’Ana com uma carreata pelas ruas do Centro da cidade. “Estamos começando hoje o dia da padroeira da paróquia. Jesus disse que nós conheceríamos as árvores pelos seus frutos.  Sant’Ana é esta árvore. Deus fez com que ela germinasse Maria que gerou Jesus. É um dia de celebração em família”, afirmou o bispo auxiliar, de Salvador, Marco Eugênio Galrão Leite de Almeida. 

Ainda na porta da igreja, os carros que passavam foram abençoados com água benta antes da missa de entrega da festa de Sant’Ana, celebrada pelo bispo e o pároco da igreja, o padre José Abel Carvalho Pinheiro. “Ela tem uma importância singular para a igreja Católica. Uma mulher experiente, idosa, avó, generosa e acolhedora que confiou na ação de Deus, que lhe deu a capacidade de gerar Maria Santíssima, mesmo idosa e estéril e depois prepará-la para ser a mãe de Jesus”, destacou o padre José Abel. 

Fé e proteção

A aposentada Deraldina Gomes, de 64 anos, não teve filhos nem netos, mas se sente bem acolhida pela santa protetora dos avós. “Ela é misericordiosa e nos protege. Nós temos nossa mãe verdadeira, mas ela é a mãe de todas nós. É maravilhosa”. 

Também devota de Sant’Ana, a psicopedagoga Ilma Bispo, 54,  lembra que intercedeu pela santa para que o marido cuidasse mais do seu lado espiritual. “Foram várias as graças alcançadas. Mas a conversão do meu marido foi a principal. Pedi a intercessão dela  e de lá pra cá ele se tornou uma pessoa muito mais devota que eu”, contou. 

O maestro Fred dantas junto com a sua Filarmônica encerrou a programação do primeiro dia de festa, mas as comemorações para Nossa Senhora Sant’Ana continuam durante a semana. Na quinta-feira (26), às 9h, será celebrada a missa em homenagem aos avós, como adianta uma das voluntárias da igreja, há 30 anos, Theonilla Campos. “A vida da gente é sempre uma graça e ela merece toda a nossa homenagem”. 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas