Novo campus do Ifba será instalado em Candeias

bahia
02.10.2018, 16:24:53
Atualizado: 02.10.2018, 17:04:40

Novo campus do Ifba será instalado em Candeias

O ministro da Educação, Rossieli Soares, participa de cerimônia nesta terça (2)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) vai ganhar um novo campus. Nesta terça-feira (2), o Ministério da Educação (MEC) anunciou a implantação do novo campus, que ficará em Candeias, município da Região Metropolitana de Salvador (RMS). 

O ministro da Educação, Rossieli Soares, participa de uma cerimônia de lançamento na tarde desta terça, a partir das 17h30, no Centro Administrativo de Candeias. De acordo com a assessoria do Ifba, o campus avançado de Candeias será lançado como uma ação estratégica do MEC. 

Quando for totalmente inaugurado, deve ofertar 600 vagas – segundo o Ifba, esse número será possível uma vez que se trata de um campus avançado, que é, portanto, uma unidade independente. 

No entanto, os cursos que serão implantados ainda não foram definidos. “Para isso, será realizada uma consulta pública, juntamente com uma análise das demandas do município. Acreditamos que, como há uma vocação da cidade para a indústria e a petroquímica, é provável que os cursos estejam ligados a esses eixos”, diz o Ifba, em nota.

Além disso, no início, devem ser ministrados cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), que são marcados pelo caráter profissionalizante e pelo curto período de duração. Essa definição, porém, depende do convênio firmado com a prefeitura. 

As seleções ocorrerão por meio de processo seletivo e exame simplificado no primeiro ano (para cursos técnicos), além do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Sistema de Seleção Unificada do Ensino Profissional e Tecnológico (Sisutec), com notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para cursos superiores. 

Ainda de acordo com o Ifba, o início das aulas está condicionado à liberação, pelo MEC, de códigos de vagas para professores e técnicos administrativos.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas