Novo período para saques do PIS começa quinta-feira (26)

bahia
21.07.2018, 16:30:00
(Foto: Divulgação)

Novo período para saques do PIS começa quinta-feira (26)

Saque do PIS gera expectativa de aquecimento no varejo baiano

A partir da próxima quinta-feira (26), o comércio varejista da Bahia terá um aquecimento no giro de capital, seja com a realização de novas compras ou com a quitação de débitos antigos.

Ao menos isso é o que esperam entidades que representam o setor, com o anúncio do Ministério do Trabalho de que os 104.200 trabalhadores que não sacaram o Abono Salarial ano-base 2016 na Bahia terão nova oportunidade.

O abono disponível para os trabalhadores baianos é de R$ 79,4 milhões, o maior valor da região Nordeste, onde o benefício poderá ser retirado por mais de 342,7 mil trabalhadores, totalizando R$ 262.678.164,76.

A reabertura do prazo foi autorizada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), dia 11 deste mês, mas divulgada somente na quinta-feira (19) pelo Ministério do Trabalho. O prazo final do saque é 30 de dezembro.

Ao comentar o anúncio do governo, o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sindilojas) Paulo Motta declarou que “toda injeção de capital para o consumidor é positivo para a economia como um todo”.

Nas outras vezes que houve liberação de abono, contudo, Motta diz ter sentido o consumidor um pouco mais retraído, devido ao cenário político-econômico do país. “Nossa expectativa é que possamos vender mais e fazer o capital girar”, disse.

Para o diretor-executivo da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL-BA) Carlos Machado é importante que o consumidor compre só não estiver com dívidas antigas.

“O melhor investimento a ser feito com esse dinheiro do abono é na quitação dos débitos que estão atrasados, pois fazendo isto o consumidor pode voltar a ter crédito na praça”, opinou.

No total, em todo o Brasil, são quase dois milhões de trabalhadores que não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,97% do total de pessoas com direito ao recurso. O valor ainda disponível chega a R$ 1,44 bilhão.

Este é o terceiro ano consecutivo em que ocorre prorrogação – no ano passado, essa mesma medida foi tomada. A reabertura do prazo atende um pedido dos representantes dos trabalhadores no Codefat.

O valor que cada trabalhador tem para sacar depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (RS 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80.

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726 02 07. Para os servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729 00 01.

Ainda segundo o Ministério do Trabalho, o pagamento do benefício referente a 2017 também começará a ser pago no dia 26 de julho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas