'O jogo estava bom e a gente estragou', diz Fernando Miguel

ba-vi
18.02.2018, 18:51:53
Confusão generalizada começou no gol de empate do Bahia (Mauro Akin Nassor / CORREIO)

'O jogo estava bom e a gente estragou', diz Fernando Miguel

Goleiro do Vitória pede desculpa aos torcedores pelas confusões no Barradão

“A gente não tem que justificar nada. A gente tem que pedir desculpa a todos aqueles que promoveram o Ba-Vi com torcida mista. Passou completamente dos limites. O jogo estava bem jogado e a gente acabou estragando”. Palavras do goleiro Fernando Miguel ao canal Premiere, na saída de campo após o clássico ter terminado antes do previsto, quando o Vitória sofreu a quinta expulsão e ficou com apenas seis jogadores.

O goleiro foi um dos que iniciaram a grande polêmica do Ba-Vi deste domingo (18), no Barradão, quando segurou o meia Vinícius, do Bahia, que comemorou o gol de empate provocando a torcida do Vitória.

Do outro lado, o atacante tricolor Kayke também lamentou o episódio. “Ficou feio pra ambas as equipes. Viemos aqui para jogar futebol, somos profissionais, e a gente fica triste. Foi um episódio lamentável e a gente espera que isso sirva de exemplo pra todo mundo”.

Perdeu alguma coisa? Confira todas as notícias do Ba-Vi:
Opinião: o pior Ba-Vi da história
Vitória se reapresenta com portões fechados e em silêncio
Patético: Vitória provoca expulsão e acaba o Ba-Vi antes da hora
Primeiro Ba-Vi do ano é marcado por briga, socos e muita vergonha

Regulamento determina triunfo do Bahia por 3x0
'O jogo estava bom e a gente estragou', diz Fernando Miguel
Mancini afirma que ordem para acabar o jogo não partiu dele​​​​​​​
Vitória culpa Vinícius por tumulto em Ba-Vi: 'ele começou'
Vinícius registra ocorrência após agressão no clássico
Guto critica jogadores do Vitória: 'Eles se desequilibraram'
​​​​​​​'Eu não colocaria isso na história do meu clube’, diz Bellintani
Treze torcedores do Vitória são presos após briga com tricolores

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas