O lugar mais inusitado para um momento “queijos e vinhos” em Santiago, no Chile

paula theotonio
25.04.2019, 10:30:00
Atualizado: 26.04.2019, 12:39:01

O lugar mais inusitado para um momento “queijos e vinhos” em Santiago, no Chile

(foto de Marcelo Nuñez/divulgação)

Estar este outono em Santiago, no Chile, é um convite diário à degustação de vinhos. Não me leve a mal: com o clima ameno, que fica entre 8 e 18 °C, é difícil dizer não a uma tacinha; esteja você em casa, aproveitado os excelentes preços nos mercados; em passeio às centenas de vinícolas da região ou nos bares de vino, que trazem uma seleção dos melhores rótulos do país.

Mas há um local onde a degustação é ainda mais especial – e até inusitada: às margens do Embalse el Yeso, uma represa em meio ao canyon Cajón del Maipo. A estrutura é tão bela que se tornou um dos destinos ecoturísticos mais interessantes da Região Metropolitana de Santiago. Eu diria, até, que obrigatório em uma visita ao país.

O Embalse fica na municipalidade de San José del Maipo, a 105 km do centro de Santiago. De tão bonito, parece uma criação da natureza. Mas foi construído pelo homem ao longo de 10 anos e é responsável por 70% do abastecimento de água de toda a capital chilena. Lá estão cerca de 15 milhões de metros cúbicos de uma água azul, límpida, vinda diretamente dos cumes e vales da Cordilheira!

 No Outono, o Embalse el Yeso ganha começa a receber a neve (foto Fabio Neto/divulgação)

Estive no local a convite da 321 Chile, agência de turismo de experiência, fundada por brasileiros para brasileiros. Foram eles que montaram, ao final da tour, uma mesa com queijos, embutidos, um Merlot e um Carmenére da marca Santa Rita – elaborado no próprio Vale do Maipo! – e alguns snacks para a gente saborear enquanto aproveitava a vista inesquecível.

COMO CHEGAR AO CAJÓN DEL MAIPO?

Eu poderia ter alugado um carro e feito tudo por conta própria? Poderia! Porém não recomendaria a ninguém: as estradas, sinuosas e com algumas bifurcações em terra, oferecem riscos a quem não conhece o caminho. Além disso, toda a região está sujeita a tremores de terra e há certos procedimentos de emergência que apenas guias treinados em montanhismo, como o da 321, conhecem e estão aptos a realizar.

E foi na companhia do atencioso Ariel, guia da empresa de turismo, que seguimos em grupo até as margens do Embalse El Yeso. O traslado passou em nosso apartamento cedinho, às 6h; e de lá fomos nos afastando da floresta de concreto santiaguina enquanto o sol nascia, desenhando o alvorecer por entre a Cordilheira dos Andes. Já em San José del Maipo, fizemos a primeira parada no Cumbres del Maipo, um complexo turístico onde tomamos um café e visitamos um pequeno zoológico com veados, lhamas e outros animais da região.

Pequeno zoo em Cumbres del Maipo, complexo turístico em San José del Maipo (foto Fabio Neto/divulgação)

Seguimos e, pelas janelas, passamos a entender melhor a força ecoturística regional, que vai além da represa. São diversas opções de trekking, cavalgadas, day spas para relaxar por um fim de semana e até rafting pelas águas agitadas do Rio Maipo, formado pelos rios andinos Colorado e Yeso. Os que desejam descansar em resorts ou preferem acampar na natureza serão igualmente felizes.

Uma segunda parada acontece na Pulperia del Arriero, uma conveniência de madeira onde se compram deliciosas empanadas de pino. Ao subirmos mais ainda em direção ao Embalse, que fica a 2.500 metros de altitude, começamos a avistar as geleiras que, a esta época do ano, começam a se formar no topo da Cordilheira. A vista é incrível, e a sensação é que o passeio já valeu a pena.

Ver o Rio Yeso correndo em meio à Cordilheira dos Andes já faz o passeio valer a pena (foto Fabio Neto/divulgação)

Em um pouco mais de tempo, chegamos ao Embalse. Como era feriado e havia uma grande quantidade de turistas neste dia, a polícia local bloqueou um trecho da estrada para maior segurança dos visitantes e tivemos que andar cerca de 4 km, entre ida e volta e margeando o reservatório, até chegar à parte mais bonita do canyon. Nada que atrapalhasse a experiência de quem estava preparado para a caminhada leve. Se por um lado pode parecer cansativo, por outro é uma excelente oportunidade de simplesmente relaxar, aproveitar a paisagem e fazer algumas fotos.

A volta a cidade inicia antes da três da tarde e chegamos ao apartamento antes do entardecer, sorridentes com o toque enológico do passeio e embriagados pela beleza das paisagens andinas. Para ver o passeio em detalhes, clique aqui e veja um vídeo em meu instagram!

O Embalse el Yeso é um destino ecoturístico obrigatório em Santiago (foto Fabio Neto/divulgação)


Recomendações a quem vai ao Embalse El Yeso:

1. Entre maio e setembro, todo e qualquer passeio ao Embalse el Yeso terá um trecho bloqueado para carros e vans. Neste caso, pessoas com dificuldade de locomoção devem ficar atentas!

2. Se houver tempo na sua viagem, dê preferência aos dias de semana e datas sem feriados. O destino ficará mais tranquilo.

3. Existe um Cajón del Maipo para cada estação do ano. No Verão, temos céu limpo e altas temperaturas. No Outono, há maior possibilidade de dias nublados e começa a ter gelo no topo das montanhas. No Inverno, o passeio muda completamente e são necessários roupas e sapatos especiais para a neve. E finalmente na Primavera, os dias são mais frios que no outono e ainda há neve sobre as montanhas.

4. A roupa ideal vai depender da estação do ano. No outono eu não abriria mão de uma segunda pele se, assim como eu, você for sensível ao frio. No Verão, se você gostaria de conhecer as termas do Cajón, vá com roupa de banho também.

Esta colunista viajou a convite da 321 Chile, agência que realiza passeios turísticos por Santiago e opera, com exclusividade, rotas enoturísticas por vinícolas boutique da região. Para orçamentos, converse com a agência pelo whatsapp ou via email.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/esse-cara-vai-me-matar-luisa-sonza-fala-sobre-regressao-de-whindersson-apos-briga/
Youtuber se envolveu em confusão com influencer Carlinhos Maia; entenda
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/plateia-abandona-sessao-por-cenas-de-sexo-explicito-de-filme-em-cannes/
Cena de sexo bastante longa em banheiro entre personagens foi criticada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/classico-caverna-do-dragao-e-revivido-em-live-action-para-comercial/
A recepção da propaganda foi tão boa que internautas logo pediram um filme
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/juntos-e-shallow-now-5-versoes-do-hit-menos-piores-que-a-de-paula-fernandes/
Tem nos ritmos forró, country e, claro, no estilo pagodão da La Fúria; ouça
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/famoso-no-video-game-drift-conta-ate-com-campeonato-brasileiro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mostra-espelhos-dafrica-exibe-filmes-realizados-no-continente/
Evento acontece até 1º de junho no Espaço Cultural da Barroquinha e na Sala Walter da Silveira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ivete-sangalo-vira-desenho-animado-em-clipe-do-canal-infantil-mundo-bita/
Cantora comentou projeto, que faz parte de nova temporada da animação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-inferno-de-volta-para-a-terra-hellboy-ganha-reboot-nas-telonas/
Novo filme estreia nessa quinta (23) e também conta a história de origem do personagem
Ler Mais