O que o profissional de educação precisa saber para ser imunizado contra a covid-19

coronavírus
21.04.2021, 05:15:00
(Foto: Arquivo CORREIO)

O que o profissional de educação precisa saber para ser imunizado contra a covid-19

Vacinação de profissionais de 55 a 59 anos da educação infantil começa nesta quarta-feira em Salvador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os profissionais da educação infantil de 55 a 59 anos começam a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 nesta quarta-feira, 21. Se você se enquadra nesse grupo, veja o guia preparado pelo CORREIO: 

Quem pode se vacinar?

No primeiro momento, a vacinação não vai contemplar todos os profissionais da educação. Dessa vez, quam pode ser imunizadoi são os profissionais da educação infantil com idades entre 55 e 59 anos. No caso da rede pública, já há um cadastro dos profissionais aptos para essa imunização. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Smed), são 1.560 trabalhadores da educação em Salvador dentro dessa faixa etária. 

Já para a rede privada de educação, é preciso estar nas listas que foram solicitadas para as escolas particulares que já enviaram os dados e as funções que os profissionais dentro desta faixa etária executam. 

Os profissionais devem estar com o nome na lista no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina devem apresentar documento oficial de identificação com foto mais cópia do último contracheque ou cópia do contrato de trabalho Pessoa Jurídica atualizado.

Qual o horário da vacinação?

Os interessados em se vacinar podem procurar os postos das 8h às 16h.

Onde se vacinar?

É preciso se dirigir para postos fixos e drive-thrus separados para este grupo que estão espalhados pela cidade. Veja quais são estes pontos e lembre-se de checar o filômetro. 

Drivers

  • FBDC Brotas;
  • Unijorge (Campus Paralela);
  • Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu);

Pontos Fixos: 

  • FBDC Brotas;
  • Unijorge (Campus Paralela);
  • Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

*Com a supervisão da subeditora Fernanda Varela

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas