Obras do BRT provocam mudanças para pedestres e ambulantes na Praça Newton Rique

salvador
03.12.2019, 20:47:00
Atualizado: 03.12.2019, 21:18:30
(Arisson Marinho/CORREIO)

Obras do BRT provocam mudanças para pedestres e ambulantes na Praça Newton Rique

As obras do novo modal de transporte serão finalizadas, em sua totalidade, no final de 2020

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A partir desta quinta-feira (5), os ambulantes que atuam na Praça Newton Rique, na região do Shopping da Bahia, serão retirados do centro do equipamento e transferidos para o entorno, onde um calçadão é construído pelo consórcio responsável pela implantação dos corredores exclusivos do BRT. A retirada dos ambulantes foi negociada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop).

"Dialogamos com esses trabalhadores, que entenderam a necessidade da intervenção. Além disso, eles não serão prejudicados com as vendas de Natal, já que continuarão atuando em uma área próxima de onde estão atualmente", declarou o titular da Semop, Felipe Lucas. 

A praça já recebeu tapumes e pedestres que costumam caminhar pela região terão a opção de passar pela área em volta. A Secretaria de Mobilidade (Semob) informa ainda que, a partir de janeiro, haverá outras interdições envolvendo, inclusive, mudanças no itinerário de algumas linhas de ônibus, o que será comunicado com antecedência à população. 

O primeiro trecho das obras do BRT possui 2,9km de extensão e contempla a região do Parque da Cidade até as imediações do Shopping da Bahia, onde haverá integração com o metrô. As obras serão finalizadas, em sua totalidade, no final de 2020.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas