Oito pessoas morreram e 46 ficaram feridas nas rodovias da Bahia durante o feriado

bahia
03.11.2021, 19:21:00
(Divulgação/PRF)

Oito pessoas morreram e 46 ficaram feridas nas rodovias da Bahia durante o feriado

A PRF ainda fiscalizou um total de 8.188 veículos e 10.491 pessoas no período da ‘Operação Finados’

Deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) a ‘Operação Finados’, realizada nas rodovias federais que cortam a Bahia, foi finalizada às 23h59 desta terça-feira (02). Um balanço elaborado pela PRF revela uma redução de 20% no número de acidentes totais no mesmo período de feriado do ano passado.

Este ano, foram registrados 45 acidentes totais, contra 56 contabilizados em 2020. Destes, 14 foram acidentes graves - quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente. 

Do total de acidentes registrados, 46 pessoas ficaram feridas, número que representa uma redução de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Oito pessoas morreram durante o feriado nas rodovias baianas, redução de 43% com relação ao ano anterior, quando 14 pessoas.

Segurança nas rodovias

Nestes cinco dias de atividades a PRF BA emitiu 4.520 notificações referentes a infrações diversas.

Foram fiscalizados um total de 8.188 veículos e 10.491 pessoas no período da operação, nos cerca de dez mil quilômetros de rodovias federais da circunscrição da PRF na Bahia.

A pressa também fez muita gente ultrapassar de forma proibida. De 29/10 a 02/11 foram 985 veículos extraídos desse tipo de infração, representando mais de oito flagrantes por hora de operação. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.

Durante as abordagens, foram realizados 2.855 testes com etilômetro (aparelho utilizado para aferir a quantidade de álcool ingerido pelo condutor, conhecido popularmente como bafômetro), o que resultou no flagrante de 80 motoristas que assumiram o volante depois de consumir bebida alcoólica. O artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro prevê multa gravíssima, multa de R$ 2.934,70, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. O valor da multa dobra se o caso for de reincidência nos últimos doze meses.

A PRF também emitiu 99 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Perigo também geraram os 17 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam, o que gera distração e risco de acidentes. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou 252 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 49 autos foram emitidos.

Foram também retiradas de circulação quase 160 toneladas de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico. Já, 98 profissionais do volante foram flagrados desrespeitando a Lei do Descanso.

No total, 575 veículos foram recolhidos ao pátio da PRF, por diferentes irregularidades seja na documentação, ou no estado de conservação e até ausência equipamentos obrigatório.

Criminalidade

As abordagens policiais no período da operação resultaram na apreensão de 32 Kg de maconha, 31,7 Kg de cocaína e mais 1.944 pílulas de ecstasy, que causaram um prejuízo de quase R$ 6 milhões às organizações criminosas.

Durante os cinco dias de atividades, a PRF na Bahia recuperou 11 veículos com registro de roubo ou furto. Apesar de grupos criminosos utilizarem-se de diversos artifícios para dificultar a identificação de um veículo fruto de crime, os policiais rodoviários federais passam por atualizações e treinamentos frequentes e aplicam técnicas avançadas, tornando-se verdadeiros especialistas no enfrentamento a fraudes veiculares.

Destacam-se também que 43 pessoas foram detidas por diversos crimes e durante as fiscalizações 41 aves silvestres foram resgatadas. 03 armas de fogo e 36 munições foram apreendidos nas abordagens realizadas pelos policiais.
 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas