Olodum festeja 41 anos em live no YouTube

bahia
16.02.2021, 22:11:00
Atualizado: 16.02.2021, 22:18:18

Olodum festeja 41 anos em live no YouTube

Show teve participação de Margareth Menezes e Ilê Aiyê

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Olodum festejou seus 41 anos ontem com uma live no YouTube. Na apresentação, comandada pelos vocalistas Mateus Vidal, Lazinho, Narciso e Lucas di Fiori, estiveram clássicos como Vem Meu Amor, Requebra e I Miss Her.

Vidal, que foi o primeiro a cantar, anunciou e convocou o público: "A live será uma história dos carnavais do Olodum". Em seguida, lamentou os mortos pela covid: "Vou cantar o Manifesto pela Paz [música do Olodum]. Pela paz e pela vida. É uma homenagem às pessoas que se foram e a seus familiares. Lazinho deu um recado importante: "Vamos tomar vacina, galera! Assim que chegar!".

O show com mais de duas horas e meia teve a participação do Ilê Aiyê e de Margareth Menezes, que cantou Faraó, É D'Oxum e outras canções que marcaram sua carreira. No bate-papo que acontecia durante a live, fãs de diversos bairros de Salvador se manifestaram. Teve gente de Fortaleza, São Paulo e também da Argentina acompanhando o show.

Na transmissão, os apresentadores convocaram o público a ir à janela para gritar “Ê, Faraó!”, junto com Margareth. Depois, os vídeos foram postados nas redes sociais. A live teve apoio da cerveja Bohemia.


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas