Operação conjunta da polícia desarticula quadrilha interestadual de roubo a bancos

bahia
17.12.2017, 18:16:00
Atualizado: 17.12.2017, 18:29:27

Operação conjunta da polícia desarticula quadrilha interestadual de roubo a bancos

Grupo era remanescente da quadrilha que tentou assaltar banco em Bom Jesus da Lapa e matou dois policiais

Uma operação policial realizada na madrugada deste domingo (17), em Montes Claros (MG), desarticulou uma quadrilha interestadual de roubo a bancos. O grupo agia na Bahia, em Minas Gerais, Goiás e no Ceará. A operação terminou com a prisão de três pessoas e a morte de outras duas em confronto, além da apreensão de cinco fuzis.

A quadrilha realizava assaltos a agências bancárias, carros-fortes e mineradoras e, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), é remanescente do grupo que tentou assaltar a agência do Banco do Brasil em Bom Jesus da Lapa, em janeiro deste ano, que culminou com a morte de dois policiais.

Segundo a Força Tarefa da SSP-BA, o bando foi preso quando se preparava para agir contra um carro forte na cidade de Montes Claros ainda esta semana. "Graças ao trabalho conjunto, nos adiantamos e eles reagiram a ação", conta o major Marcelo Barreto, coordenador da Força tarefa da SSP-BA. Participaram da ação a Força Tarefa da SSP-BA, as polícias de Minas Gerais e Goiás, a Polícia Federal da Bahia e do Distrito Federal, a Secretaria de Administração Penitenciária do Paraná e a Polícia Civil do Estado de Sergipe.

Durante a operação, foram presos os irmãos Naelbe Bezerra e Jeu Julio da Silva, além de Yago Nunes de Souza. O líder da quadrilha, Jean Carlos de Barros Dantas, conhecido como Bereberê, e Aldenir Quirino de Sá, o Galeguinho de Senhora, morreram num confronto com a Polícia Militar de Minas Gerais. Bereberê assumiu o comando do grupo quando o irmão, e então líder da quadrilha, morreu em confronto em maio deste ano.

Na operação deste domingo, foram encontrados cinco fuzis, duas pistolas, munição e aproximadamente 20kg de explosivos. Com esta apreensão, sobe para 13 o número de fuzis apanhados com a mesma quadrilha.


*Integrante da 12ª turma do Correio de Futuro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas