Operação policial apreende oito explosivos no bairro de Valéria

bahia
26.09.2021, 20:24:46
Atualizado: 26.09.2021, 20:31:13
(Divulgação/SSP)

Operação policial apreende oito explosivos no bairro de Valéria

Bairro está ocupado pela PM, que realiza a operação 'Valéria em Paz'

Uma ação policial liderada por guarnições da Operação Gêmeos terminou com apreensão de oito explosivos, neste domingo (26), no bairro de Valéria, em Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os materiais ilícitos estavam com traficantes, perseguidos durante patrulhamento.

Leia mais: Após policial ser baleado, Bope se junta à ocupação da PM em Valéria
 
Os militares realizavam ações da operação 'Valéria em Paz', que visa a ampliação do combate às organizações criminosas, quando perceberam homens armados próximos de uma empresa. Após perseguição, o grupo acabou escapando. Na fuga, os traficantes abandonaram os explosivos. O material foi apresentado no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).
 
O policiamento no bairro de Valéria foi reforçado ainda mais com a presença do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) neste sábado (25), um dia depois de um policial militar ser baleado nos dedos com um tiro de fuzil. O local já está sob ocupação da Polícia Militar desde 18 de agosto. 
 
Na sexta-feira (24), um grupo de cerca de 15 homens atacou um grupo rival na localidade de Penacho Verde. A Polícia Militar foi chamada e foi até a região. Houve dois confrontos com troca de tiros. No primeiro, um PM foi atingido com tiro de fuzil que passou pelos dedos dele. Hospitalizado, ele não corre risco de morte, mas passou por 6h de cirurgia para recompor os dedos. No segundo confronto, um suspeito foi baleado e morreu. Ele não foi identificado e não se sabe se ele foi o responsável por atirar contra o PM baleado.
 
Violência em Salvador e RMS
 
A Secretária de Segurança Pública do estado registrou quatro homicídios neste final de semana em Salvador e Região Metropolitana. Na madrugada de sábado, José Carlos Fonseca, de 57 anos, foi morto na Rua do Campo, na Baixa do Petróleo, no bairro de Massaranduba, próximo ao local onde morava. Na noite de sábado, um menor, de 16 anos, identificado pelas iniciais L.R.da C. foi encontrado morto na Rua Benjamin Abdon, em Mata Escura. 

Neste domingo, foram registradas duas mortes. No Alto  do Peru,  Edmar Ribeiro dos Santos, de 29 anos, foi morto por volta das 3h20 da madrugada. Segundo informações preliminares obtidas pela polícia, ele foi perseguido por um grupo de homens armados. Já Josileide dos Santos, de 23 anos, foi encontrada morta com marcas de tiro em frente a uma casa no distrito de Gamboa, no município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas