Orçamento apertado? Veja 5 dicas para comprar o seu carro 0 km

salvador
14.08.2020, 06:00:00
Tiggo 8 tem fila de clientes esperando (Nara Gentil/CORREIO)

Orçamento apertado? Veja 5 dicas para comprar o seu carro 0 km

Carro mais emplacado da Bahia em Julho foi o Ônix; veja como levantar grana para comprá-lo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A pandemia não tirou o desejo de muita gente de ter o seu carrinho novo. Ainda que tenha obrigado uma série de pessoas a se readequar, aprender a negociar melhor ou adiar o sonho. O contador Marcos Sampaio, 48, é fissurado em planejamento e já estava organizando a casa para trocar de carro, um HB20 de ano 2015, desde 2017. Na última semana conseguiu realizar o desejo.

Ele conta que as vantagens oferecidas pela concessionária foram fundamentais. No valor do carro foi abatida uma parte dos R$ 70.990 necessários para ter um HB20 Sedan automático. Com o dinheiro que juntou, Sampaio deu uma entrada equivalente a 30% do valor do carro e conseguiu dividir em 48 parcelas que ficaram por menos de R$ 900, cada uma.

A estratégia usada pelo contador é a principal dica que o educador financeiro e professor do curso de Economia na Unifacs Moisés Conde deu em entrevista ao CORREIO: oferecer o maior valor de entrada possível para diminuir a quantidade ou valor das parcelas e, consequentemente, o valor do carro, já que os juros do financiamento acabam reduzidos.

Conde explica que o sonho do carro próprio é um dos mais comuns de se ouvir, mas é importante pensar em todos os gastos que um automóvel exige para além do seu valor de compra. Combustível, IPVA, seguro e gastos com documentação precisam ser contabilizados.

“É um gasto recorrente, não só o preço do carro. Se você é uma pessoa que utiliza o carro uma ou duas vezes no dia ou que precisa para uma locomoção breve, às vezes, é mais vantajoso optar por outro meio de transporte, talvez os aplicativos, ou um aluguel quando for o caso de uma viagem por exemplo”, diz o economista.

Benefícios
Concessionárias de Salvador estão oferecendo uma série de benefícios para manter o mercado aquecido mesmo com os entraves da pandemia. Gerente de vendas da Caoa Chery D21 Motors, na Av. Paralela, Paula Cardoso afirma que os clientes buscam por oportunidades e que por isso a concessionária precisam oferecer alternativas para conseguir fechar negócio.

“O cliente quer uma condição diferenciada, algo que faça ele tirar o dinheiro do bolso. Taxas reduzidas e avaliação do carro atual são bons atrativos. Temos aqui o uso da tabela Fipe (para o preço dos usados), mas tem gente que quer taxa 0, quer desconto no carro. São buscas por oportunidades de negociação como um todo”, explica.

Na Caoa Chery D21 Motors, Paula explica que a oferta varia de acordo com o carro. A concessionária acaba de lançar a venda do Tiggo 8, um SUV que cabe até 7 pessoas e como oferta de lançamento há um bônus que derrubou o preço de R$ 168.900: está por R$ 156.800. Segundo a gerente, há lista de espera com pessoas interessadas em fechar negócio.

Para o Tiggo 5, a concessionária oferece taxa 0 para quem der entrada de até 60% do valor total. Em alguns casos, a concessionária oferece a vantagem de só começar a pagar em 2021.

Mais vendido
O carro mais vendido na Bahia durante o mês de julho foi o Ônix, que em sua versão Joy Black 0km sai a partir de R$ 49.990 na Columbia Chevrolet. A versão sedan, o Onix Plus AT Turbo 202/20, sai por R$ 74.906 desde que o cliente dê R$ 28 mil de entrada e mais 47 parcelas de R$ 998.

Se a intenção é gastar menos, o carro mais barato do Brasil é o Renault Kwid Life 1.0. A partir de R$ 34.990, vem com o basicão. Se quiser direção elétrica, ar-condicionado e limpador do vidro traseiro, é preciso escolher a versão seguinte, a Zen, que sai a partir de R$ 42.490.

Resumão das dicas:
1. Dê preferência a fazer uma economia para dar a maior entrada possível
2. Não calcule apenas o valor do carro. Pesquise custos de manutenção, consumo de combustível, IPVA e outros gastos recorrentes
3. Estipule um valor mensal para poupar baseado nos seus rendimentos. Deixar para guardar o que sobra no mês é furada e irá atrasar a realização do seu sonho
4. Se você não é bom de economizar sozinho, um consórcio pode ser uma boa opção porque funciona como uma 'poupança forçada'.
5. Saiba negociar. O período de pandemia deu mais poder ao cliente para barganhar melhores condições junto às concessionárias.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas