Pacientes infectados com ômicron estavam na Europa antes de chegarem à África do Sul

coronavírus
30.11.2021, 18:57:00
Atualizado: 30.11.2021, 18:58:49
(AFP)

Pacientes infectados com ômicron estavam na Europa antes de chegarem à África do Sul

Variante poderia já estar na Holanda 11 dias antes da chegada de dois voos no país africano

Autoridades de Saúde da Holanda anunciaram nesta terça-feira (30) que duas pessoas testaram positivo para a variante ômicron do coronavírus 11 dias antes da chegada dos voos da África do Sul com contaminados. Isso pode significar que a cepa já estava presente na Europa antes de ser detectada por médicos sul-africanos.

"Ainda não está claro se as pessoas envolvidas [nos casos anteriores] também estiveram na África do Sul", disse o RIVM.

O órgão também informou que os serviços de saúde locais já começaram a rastrear as pessoas com quem os infectados tiveram contato.

Bélgica e a Alemanha também confirmaram os testes de amostra sobre a variante e estão indicando quem estava nos países antes que as autoridades de saúde sul-africanas alertassem a OMS. A França também confirmou seu primeiro caso de Covid-19 pela ômicron hoje.

Pelo menos 14 pessoas em voos de Joanesburgo e da Cidade do Cabo chegaram a Amsterdã em 26 de novembro com a nova variante, de acordo com o Instituto Nacional para a Saúde Pública da Holanda.

Diante dessas novas descobertas, autoridades holandesas querem testar mais de 5 mil passageiros que chegaram em voos de países da região sul do continente africano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas