Pai de Cristiano Araújo lamenta morte de Gabriel Diniz: 'Aconteceu com meu filho'

em alta
27.05.2019, 23:01:00
Atualizado: 28.05.2019, 12:50:29

Pai de Cristiano Araújo lamenta morte de Gabriel Diniz: 'Aconteceu com meu filho'

Cantores gravaram juntos em 2015 e chegaram a fazer shows juntos também

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

João Reis Araújo, pai do cantor Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro em 2015, comentou a morte de Gabriel Diniz nesta segunda-feira (27), na queda de um avião monomotor em Sergipe. 

"Meu Deus, o que está acontecendo com o nosso Brasil? Com os nossos jovens? Por que deixar isso acontecer com mais uma família? Não basta o tanto de jovens que perdem suas vidas no mundo do crime e mais um jovem no melhor momento da sua carreira, assim como aconteceu com meu filho, deixando tantas pessoas órfãs por esse Brasil, que já anda tão triste com tantas coisas ruins", desabafou João em seu Instagram.

"Quantas vezes estivemos juntos em momentos tão alegres! Meu amigo, que você vá em paz e que Deus possa confortar sua família", concluiu. 

Uma foto de Cristiano e Gabriel foi compartilhada pelos fãs ao longo do dia, lembrando que os dois eram amigos. Eles fizeram shows juntos em algumas ocasiõs e em 2015 gravaram a música "Amor de Copo". Gabriel também chegou a cantar "Vai doer", de Araújo.

Felipe Araújo, irmão de Cristiano, chorou pela morte de Gabriel Diniz: "Estou arrasado com essa notícia. Meu Deus! Que Jesus te receba com um abraço de paz, meu irmão! Irei sempre lembrar da sua alegria, de nossas brincadeiras. Eu te amo para sempre".

(Foto: Reprodução)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas