Paixão e sabor: as delícias de comandar a cozinha e um negócio há 26 anos

empregos
03.12.2020, 16:19:00
Atualizado: 03.12.2020, 16:20:15
O Chef de cozinha foi o convidado da live Empregos e Soluções dessa semana, no perfil do Correio, no Instagram (Arquivo Pessoal)

Paixão e sabor: as delícias de comandar a cozinha e um negócio há 26 anos

O chef Fabrizio Abbate fala sobre os desafios de empreender na gastronomia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Antes de abrir o próprio restaurante em Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, trabalhou como chef de cozinha em outros 14 restaurantes na Itália. No último, inclusive, chegou a receber uma das certificações mais importantes do mundo: a estrela Michelin. Há 26 anos, o siciliano Fabrizio Giovanni Abbate vem mantendo o restaurante Don Fabrizio com uma proposta de negócio muito pessoal, onde se parte do princípio que não basta ter uma comida excelente, mas é necessário que cada refeição seja acompanhada de uma lembrança positiva na memória do cliente. 

Para tanto, o chef não poupa esforços e nem conhecimentos. Para criar diferenciais, estudou marketing e teatro. “Cada um desses conhecimentos é usado todos os dias para garantir que o cliente não se esqueça do espetáculo que começa com a comida, mas também está presente no atendimento, no momento em que deixo a cozinha e vou receber cada um dos presentes”, conta.

A histórias de vida e as dicas de empreendedorismo de Fabrizio foram apresentadas na live Empregos e Soluções, do Jornal Correio, que é comandada todas as quartas-feiras, sempre às 18 horas, por Flávia Paixão.   Ao longo da conversa, o chef contou histórias comoventes das quase três décadas à frente do Don Fabrizio, como a oportunidade em que uma cliente que deitou no berço colocado no restaurante voltou para visitar o lugar 20 anos depois, e o clima familiar e tranquilo que conseguiu construir no espaço.

O chef fez questão de ressaltar a importância de um ambiente harmonioso para que a arte culinária, de fato, possa surgir em sua plenitude. “Os programas de reality shows em cozinha tem mostrado, por vezes, um clima hostil que, geralmente, existe para esconder alguma falha profissional do chef em questão”, alfinetou. Na verdade, Fabrizio fez questão de ressaltar a importância de reforçar o papel de liderança que um gestor de cozinha ou restaurante precisa construir, extraindo o melhor dos profissionais sob sua coordenação. 

Na oportunidade, Flávia fez questão de reforçar como as desavenças entre gestores e colaboradores são prejudiciais para os negócios, resultando sempre numa experiência negativa para os clientes que terminam se afastando. “Alguém que deseja trabalhar com cozinha precisa escolher o perfil da sua equipe primeiro e depois buscar os profissionais que vão compor esse quadro”, ensinou Abbate.

Fabrizio Abbate dividiu suas experiências como chef, proprietário de restaurante, além das vivências pessoais à frente de um negócio que envolve prazeres e cultura (Foto: Reprodução)

Como alguém ainda capaz de se encantar com novidades, aprender e reaprender, Fabrizio também disse que sua arte gastronômica também vem da capacidade de dialogar com os produtos nacionais e locais, como o aipim, descrito pelo chef como algo fantástico por sua versatilidade e sabor. “Convido a todo mundo que trabalha com gastronomia que redescubra os produtos próximos, que admire com esse olhar do estrangeiro tudo aquilo que esse país disponibiliza”, convidou, mostrando que o empreendedorismo também precisa ter o espaço para o encantamento e a paixão. 

Vale salientar que a live Empregos e Soluções é realizada todas as quartas-feiras, às 18 horas, no perfil do Jornal Correio, no Instagram. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas