Para fazer sucesso fora de Salvador empresários levam 'a cidade na mala'

salvador
29.03.2018, 05:20:00
(Divulgação)

Para fazer sucesso fora de Salvador empresários levam 'a cidade na mala'

Empresas que nasceram em Salvador bombam no exterior

Tudo o que Salvador tem e é reconhecida por - alegria, congraçamento, colorido, criatividade, trabalho, inovação, persistência - está materializado no trio elétrico, provavelmente a invenção baiana mais conhecida e exportada de todos os tempos. E na esteira do trio, a história de outros negócios criados ou aperfeiçoados aqui mostra que ter um DNA soteropolitano é um diferencial que favorece o sucesso. E não basta extrapolar nossas divisas e fronteiras, é preciso sair levando Salvador junto. 

O empresário Fritz Moura passou parte deste mês de março nos EUA. É lá que ele pretende implantar novas unidades de sua empresa, a Cleannew. A experiência empreendedora de Moura nasceu em novembro de 2014 com uma empresa de lavagem de carro -  a  Autoclean, marca que ficou com seu ex-sócio. A blindagem de sofá apareceu em seu caminho cerca de um ano depois, a partir da sua perspicácia, da criatividade e do jogo de cintura, como observa o consultor e especialista em empreendedorismo José Nilo Meira. "A criatividade é uma característica que tem de estar presente em todo empreendedor. O sucesso do empreendimento depende da criatividade, pois o empresário não pode apenas fazer mais do mesmo", diz.

 Moura percebeu a existência da demanda pela lavagem de estofados ainda enquanto cuidava dos carros. "Os clientes, ao receberem os carros lavados, perguntavam se eu lavava sofás, o que me levou a estudar e a entrar nesse mercado", revela. "A lavagem de carro era feita a noite, em grandes condomínios. Cobrava R$ 25 por carro. Se lavasse dez carros, fechava a noite com R$ 250 ainda tendo de pagar funcionários. De dia, se lavasse um sofá ganhava os mesmos R$ 250. Decidi investir nesse segmento". Em dezembro de 2015 nascia a Cleannew. 

Para entrar no novo mercado, Moura importou maquinário italiano, comprou material de limpeza importado -  mais que isso, pediu aos fabricantes desses produtos uma modificação na fórmula de bactericidas para preservar as cores do estofado e aumentar a durabilidade do serviço. Ele também apostou na formalização do serviço, que, segundo ele, era explorado em Salvador apenas por pessoas físicas, a maioria atuando na informalidade. "Meu público-alvo é de alto padrão, que têm sofás que custam R$ 100 mil. A formalização, o fato de saber que está lidando, é importante para esse público", diz. 

O último diferencial foi no nome do serviço. Como tinha os melhores produtos, maquinários e apresentação, ele criou o conceito de blindagem de sofás, que é uma lavagem seguida de impermeabilização feita de maneira mais profunda, resistente e com garantia de um ano. Em março de 2017 a Cleannew entrou no sistema de franchise. Hoje, a marca está em cidades brasileiras. E em alguns meses também estará presente em Miami e Orlando (EUA). 

Egito
O colorido e o calor de Salvador inspiram os rótulos dos produtos da Flora Brasil, empresa de cosméticos para cabelo da médica oftalmologista Karla Leite. Ao contrário da Cleannew, a empresa nas nasceu com foco na exportação. No caso, para o restrito mercado árabe. Ela exporta cerca de 3 mil sachês por mês para o Egito e está em fase de fechamento de contrato de fornecimento para o Catar. "Havia uma procura muito grande por redutor de volume capilar brasileiros, pela queratina brasileira, que, no entanto, ao longo doa anos passou a ficar mal vista por causa do uso do formol. Eu aproveitei o espaço para criar produtos naturais, sem uso de formol", conta Karla. 

Munida de seus tino comercial e espírito empreendedor, a médica procurou o Sebrae para receber orientações e buscou se cercar de profissionais especializados para ajudá-la a montar a empresa e os produtos, todos sem químicos e com ativos da flora brasileira a exemplo da castanha do pará . "E também sem testes que signifiquem maus tratos a animais, como prevê o protocolo de comércio com os países árabes", diz. "Fui ao Egito mais de cinco vezes até liberarem a importação", relata.

Karla diz que seus produtos fazem sucesso por alguns motivos específicos daquela região. O primeiro é que a mulher árabe, por debaixo das vestimentas, é muito vaidosa com seus cabelos e se preocupam em agradar seus maridos. O segundo é que a água usada por elas é dessalinizada e ou reciclada, o que prejudica o cuidado com os fios e exige delas o uso de redutores. 

"Acredito que o fato de ter nascido e de viver em Salvador me influenciou a ter um olhar para diferentes etnias e culturas, procurando ver o que é comum e o que é diferente. O soteropolitano é mais maleável e fácil de se adaptar a diferentes realidades", reflete. Para Meira, o que a história de Karla traduz os valores atribuídos a Salvador - além persistência e da criatividade - é a capacidade de agregar. "Ela se cercou de boas pessoas, o que é fundamental para o sucesso de qualquer empreendimento". 

Moda
Nilo defende que outros negócios podem ser criados e impulsionados em Salvador e ganhar o mundo. E que a melhor forma de aproveitar o potencial da cidade é investir na chamada economia criativa, que é a que tem por base a criação: artes, teatro, moda, softwares e jogos para computadores e celulares. "Temos o principal, que é um povo criativo e empreendedor. E a economia criativa é uma indústria sem chaminé, ou seja, não é poluente. É ideal para uma cidade como a nossa", aponta o especialista. 

A Soul Dila está no mercado criativo desde 2008, transformando o espírito de Salvador e do soteropolitano em moda. Um de seus sócios, Eduardo Bahiana, diz que a capital baiana é uma "imensa fonte de inspiração". "Começamos colocando imagens da cidade nas estampas. Depois as frases do ‘baianês’. A galera gostou. Temos fotos de clientes com nossas roupas em vários países", fala. 

O empresário descreve o estilo da Soul Dila da mesma forma que pintaria a cidade: colorido, alegre, receptiva e com uma energia diferenciada. "A Bahia tem muito potencial de venda. Usamos a estampa nas camisas como meio de comunicação, para propagar mensagens positivas. Nossa camisa é como um outdoor pessoal". 

A Soul Dila vai lançar, nas próximas semanas, sua 15ª coleção (inverno 2018), mantendo sempre o mesmo estilo. Emprega 55 pessoas e possui 8 pontos de vendas e possui um e-commerce. 

Foi este mesmo espírito soteropolitano que trouxe, há 23 anos, a Tidelli para a capital baiana. "A Bahia moldou a marca. A Bahia é nosso habitat", afirma Luciano  Mandelli, um dos três irmãos gaúchos que são sócios da empresa. Com lojas nas maiores cidades do Brasil e nos EUA, a Tidelli é referência de móveis para varanda e jardim. Segundo ele, Salvador agregou à companhia cores, artesanalidade e criatividade. "Alguns designers baianos  famosos já assinaram a criação de peças da Tidelli, entre eles Fernando Peixoto e Manoel Bandeira", lembra. 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-paulista-o-terno-apresenta-novo-album-no-tca-nesta-sexta-23/
Disco <atrás/além> é o quarto da carreira do trio liderado por Tim Bernardes
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rita-beneditto-apresenta-tecnomacumba-no-ic-encontro-de-artes/
Show acontece no Goethe-Institut nesta sexta (23), às 20h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/suspeito-de-golpe-milionario-tem-prisao-preventiva-decretada-na-bahia/
Homem mentiu para a família e disse que ficou rico após ganhar na Mega-Sena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aos-11-anos-skatista-pode-representar-o-brasil-nas-olimpiadas/
Rayssa Leal estará em Lauro de Freitas neste fim de semana para disputar Circuito Brasileiro de Skate
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gilberto-gil-e-carlinhos-brown-agitam-a-semana-do-clima/
Artistas defenderam o meio ambiente e a luta pela preservação da natureza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-colocar-fogo-em-onibus-homem-se-esfaqueia-em-copacabana/
Vídeo mostra veículo tomado por fumaça; suspeito tem passagem por homicídio
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/transito-na-acm-sera-modificado-a-partir-do-proximo-dia-31-veja-o-que-muda/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/entenda-a-briga-entre-gigantes-que-tirou-o-homem-aranha-da-marvel-no-cinema/
Saiba como o Amigão da Vizinhança foi parar em outro estúdio
Ler Mais