'Parkour de Taubaté': novo esporte vira meme e rende comparações com grávida

em alta
27.01.2020, 18:42:00
Atualizado: 27.01.2020, 19:11:44
(Foto: Reprodução/TV Vanguarda)

'Parkour de Taubaté': novo esporte vira meme e rende comparações com grávida

Manobras chamaram a atenção de internautas por suposta falta de habilidade

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em janeiro de 2012, Maria Verônica Vieira levou ao mundo o nome de sua cidade. A façanha de ganhar espaço em rede nacional por conta de uma falsa gravidez de quadrigêmeos fez com que a mulher fosse 'rebatizada', pegando emprestado o nome de sua terra natal e adicionando-o a sua alcunha - algo reservado a um seleto grupo, liderado por Leonardo da Vinci. Nascia a "Grávida de Taubaté".

Desde então, "de Taubaté" deixou de ser apenas um adjetivo indicativo de regionalidade e transformou-se em um sinônimo de, digamos, falsidade. "Hétero de Taubaté", "santa de Taubaté" e "milionário de Taubaté" são alguns exemplos de uso da deliberação.

Acontece que, nesta segunda-feira (27), um fato novo conseguiu unir as duas semânticas numa só sentença: o parkour de Taubaté.

Uma reportagem exibida no 'Bom Dia Vanguarda', da TV Vanguarda (afiliada da Rede Globo) mostra a prática do esporte na cidade paulista. Acontece que, apontam alguns internautas, a execução das manobras são tão fidedignas quanto os quadrigêmios da icônica gestante.

"Um grupo de mulheres se reuniu para saltar, correr e dar até cambalhoras". Assim foi anunciada a reportagem, de forma acertada, pela âncora do telejornal. Logo nas primeiras imagens aparece uma jovem chamada Júlia, de 18 anos, executando os movimentos narrados pela apresentadora.

"É mais você com você mesmo. A sua movimentação com o meio. Como você faz para superar os obstáculos, sejam eles físicos ou mentais", descreve a jovem, enquanto são exibidas cenas da mesma descendo uma escadaria pulando.

Memes
Imediatamente as redes sociais foram infestadas de memes sobre a modalidade esportiva taubateana. "Nem a grávida de Taubaté era tão falsa quando o Parkour de lá", apontou Raul Ferreira, no Twitter.

Já outros moradores da cidade demonstraram orgulho de mais um feito produzido por aquelas bandas. "Tenho para mim que como o meme da grávida de Taubaté saturou, a cidade buscou produzir outra pérola, porque não é possível isso aqui!", comemorou Mylla Sampaio.

Além disso, outros internautas apontaram o fato da prática ser inclusiva. "Depois de ver o vídeo das mulheres que fazem parkour em Taubaté eu finalmente encontrei um esporte que tenho condições de praticar", celebrou Yuri Gadelha.

Veja as melhores cenas do Parkour de Taubaté

*Com orientação do editor João Gabriel Galdea.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas