Participe: prefeitura continua plano contra mudanças climáticas na terça (7)

salvador
02.07.2020, 16:57:00
Atualizado: 02.07.2020, 16:57:28

Participe: prefeitura continua plano contra mudanças climáticas na terça (7)

Documento começou a ser elaborado em janeiro e tem compromisso de ficar pronto ainda este ano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Prefeitura de Salvador tem promovido reuniões virtuais para construir um plano com o objetivo de preparar a cidade contra as mudanças climáticas. O próximo debate continua na terça-feira (7), às 16h30, e abordará temas como agricultura urbana, economia circular, calendário de eventos para este mês de julho e ainda uma apresentação com os propósitos e metodologia utilizadas no plano. Clique aqui para se inscrever.

O documento que está em construção desde janeiro deste ano é o Plano de Mitigação de Mudanças Climáticas de Salvador (PMAMC), iniciativa da Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) através do Prodetur, com investimento de 600 mil dólares.  A ação tem apoio do C4, um grupo formado por 96 grandes cidades mundiais que estão empenhadas em debater e combater os problemas ambientais.

A elaboração do plano segue alinhada com o Acordo de Paris, conforme indica a nota metodológica divulgada pelo C4. De acordo com a prefeitura, Salvador foi a primeira cidade da América Latina a assumir compromissos com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, formado para implementar políticas e ações para redução das emissões e adaptação das cidades aos efeitos das mudanças climáticas. 

Das 96 cidades participantes do grupo de liderança, 84 assinaram um compromisso de concluir o plano ainda no ano de 2020. Entre essas cidades, 29 estão tendo apoio direto da C40 na construção de seus respectivos planos, sendo nove delas da América Latina e quatro do Brasil (Salvador, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo). 

Até agora, 12 cidades já finalizaram seus documentos e estão servindo de referência para o plano da capital baiana. São elas: Barcelona, Copenhagen, Durban, Estocolmo, Londres, Los Angeles, Melbourne, Nova York, Oslo, Paris, Portland e Washington DC.

Para participar das reuniões do plano soteropolitano é necessário se inscrever através de um formulário. No site da Secis, é possível encontrar diversos documentos relacionados a construção do plano para que os cidadãos possam acompanhar o desenvolvimento do documento.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas