Paulo Afonso: com prefeito e 8 secretários infectados pela covid-19, prefeitura suspende atividades esta semana

coronavírus
02.12.2020, 19:05:00
Atualizado: 02.12.2020, 19:09:08
(Fotos: Divulgação/Câmara dos Deputados e CHESF)

Paulo Afonso: com prefeito e 8 secretários infectados pela covid-19, prefeitura suspende atividades esta semana

Reeleito, prefeito Luiz de Deus (PSD) está internado. Cidade ficará sem a maioria dos serviços da prefeitura nesta semana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois que o prefeito eleito e oito secretários da cidade foram infectados pela covid-19, a Prefeitura de Paulo Afonso, no norte da Bahia, decidiu suspender as atividades nesta semana para evitar o aumento de casos da doença. Por meio de decreto, a administração municipal resolveu cancelar o funcionamento a partir desta terça, de 2 a 4 de dezembro. Serviços essenciais, como os da Secretaria Municipal de Saúde, continuarão em pleno funcionamento.

Seguirão com atendimento ainda os plantonistas da Secretaria de Infraestrutura, o serviço de limpeza urbana da Secretaria do Meio Ambiente e também os setores de recursos hídricos, manutenção elétrica, redes de abastecimento de águas e mecânica de bombas e poços da Secretaria de Agricultura, além da guarda civil e agentes de trânsito.

Conforme o documento, durante a suspensão nestes dias os titulares das demais pastas deverão implantar o sistema de plantão, informando a população os canais de atendimento por telefone ou WhatsApp, limitados a situações de urgência e emergência. O comércio do município seguirá aberto normalmente. 

Reeleito, o prefeito do município, o médico Luiz de Deus (PSD) esteve internado no Hospital Municipal de Paulo Afonso (HMPA) após sentir “cansaço”. Segundo a assessoria do partido, ele permanece internado e seu estado de saúde é considerado estável. Até esta terça (2), Paulo Afonso tinha 72 casos ativos da doença. Do início da pandemia para cá, o município registrou um total de 1.385 casos acumulados. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas