Paulo Gustavo ‘acordou e interagiu bem’ com médicos e marido antes de piora súbita

em alta
03.05.2021, 18:14:34
Atualizado: 03.05.2021, 18:20:42
(Foto: Reprodução/Instagram)

Paulo Gustavo ‘acordou e interagiu bem’ com médicos e marido antes de piora súbita

Informação consta em boletim médico, que classifica situação clínica atual como ‘instável e de extrema gravidade’

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A assessoria do ator Paulo Gustavo divulgou, na tarde desta segunda-feira (3), um novo comunicado com boletim médico que detalha as evoluções mais recentes do ator, internado desde o dia 13 de março para tratar complicações decorrentes da covid-19.

Ainda em tratamento usando a ECMO, espécie de pulmão artificial, Paulo Gustavo apresentou uma melhora na tarde desse domingo e chegou a interagir com a equipe médica e com o seu marido, o também médico Thales Bretas. 

“Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa”, relata o comunicado.

O informativo também explica que a situação clínica atual, “depois de alguma melhora”, “é instável e de extrema gravidade”.

Confira o comunicado na íntegra: 

"Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves.

Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. 

Hoje, dia 03/05, a assessoria de imprensa do ator emite novo boletim médico informando que:

“Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. 

À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. 

Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.”

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível."

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas