PC e PF evitam extorsão de meio milhão de reais em Conquista

minha bahia
03.08.2019, 20:09:41
Atualizado: 03.08.2019, 20:27:18
Eliseu Dias Morais tentou chantagear a família de um dos detentos numa apreensão de 750 kg de maconha (Dovilgação/Polícia Civil)

PC e PF evitam extorsão de meio milhão de reais em Conquista

O caso tem relação com apreensão de 750 kg de maconha, na cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma ação conjunta entre unidades da Polícia Civil (Draco, Depin e DHPP) e da PF, em Vitória da Conquista, evitou a extorsão de meio milhão de reais. Eliseu Dias Morais foi preso, na noite de sexta-feira (2), depois de ações de acompanhamento e de inteligência.
O caso tem envolvimento com uma apreensão de 750 kg de maconha, na cidade de Ponta Porã, no estado do Mato Grosso do Sul e a prisão de um dos envolvidos com a carga. Eliseu, sabendo que o detento tinha parentes em Vitória da Conquista, passou a fazer ameaças para a família, exigindo R$ 550 mil.
Ele dizia pertencer a uma facção e que o dinheiro seria para amenizar a dívida do homem preso em Ponta Porã. Sabendo da tentativa de extorsão, o caso passou a ser investigado e Eliseu terminou capturado.
Com ele foram apreendidos celulares com as conversas determinando o pagamento dos R$ 550 mil e 750 kg de maconha "O trabalho continua, pois sabemos que outras pessoas participaram deste crime", contou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Um veículo de luxo foi encontrado com Eliseu Dias Morais, junto com celulares com registros das conversas mantidas para acertar a extorsão (Foto: Divulgação/Polícia Civil) 


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas