Pela filha, ex-mulher diz que perdoa DJ Ivis e nem cogita pensar em retomar casamento

em alta
14.08.2021, 08:08:00
Atualizado: 14.08.2021, 08:26:59

Pela filha, ex-mulher diz que perdoa DJ Ivis e nem cogita pensar em retomar casamento

“Se eu continuasse com ele, eu estaria criando mais uma pessoa doente para a sociedade", declarou a arquiteta

O caso de agressão do DJ Ivis à ex-esposa, Pamella Holanda, ganhou repercussão nacional e gerou forte comoção na internet. O caso aconteceu em julho deste ano e ficou conhecido após a mulher divulgar em suas redes sociais uma série de vídeos que mostram o artista a atacando com tapas, socos e chutes enquanto ela estava com a filha do casal, Mel, uma bebê de 9 meses no colo.

Apesar do trauma, Pamella está disposta a perdoar o artista. “O perdão não é sobre ele, o perdão é sobre mim. E eu me perdoo também, por eu ter me colocado nessa situação e por ter me permitido viver tanto tempo assim”, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan Fortaleza.

Um dos motivos que impulsionou a arquiteta e digital influencer a tentar manter uma relação com o DJ é a relação da filha deles com o pai. “Ele é pai dela, e vai ser para o resto da vida”, reforçou.

Pamella, que deixou claro que apesar do perdão não tem intenção alguma de retomar o relacionamento com o artista, disse que também foi pela filha que decidiu expor as agressões e terminar o relacionamento abusivo.

“Se eu continuasse com ele, eu estaria criando mais uma pessoa doente para a sociedade. Mais uma mulher insegura, cheia de ansiedade, com traumas, com dificuldade de se relacionar não só com homens, mas comigo
também, com a própria mãe. Então que espécie de mãe é essa?”, completou Pamella.

Agressão
Pamella Holanda diz que o ex-marido, DJ Ivis, exibia foto íntimas dela ao amigo Charles pouco antes da cena de agressão que chocou o país.  "Ele pegou uma faca na gaveta da cozinha", contou ela, aos prantos, em entrevista ao Fantástico, relembrando o momento.

Pamella continuou. "A gente começou a discutir porque ele mostrou uma foto minha íntima para o Charles, para esse amigo dele. Eu pergunto o que é, volto pra cozinha e ele continua. Até a hora que eu vou e é a hora que ele me agride", diz. Considerado "braço direito" do artista, Charles presenciou Ivis agredir Pamella e não reagiu - ele alegou que "travou" diante da cena e não conseguiu ajudar Pamella.

A influencer diz que tentou reagir, mas Ivis continuou as agressões. "Depois ainda ele me solta e eu ainda vou pra cima dele, mas ele se esquiva; depois, quando eu dou as costas, ele me dá um soco, me dá um chute, me deu um soco nas costas que eu caí no chão e fiquei sem conseguir respirar". 

Pamella chora ao relembrar agressões de DJ Ivis: 'Ele pegou uma faca'

(Foto: Reprodução)

Histórico de agressões
Pamella contou também que conheceu Ivis pela internet em 2018 e começaram um namoro no ano seguinte. Já em 2020 foram morar juntos e começaram as agressões, que segundo Pamella inicialmente eram apenas verbais.

A primeira agressão física que ela se recorda foi quando estava grávida da filha do casal, Mel. "Eu estava grávida da Mel, de cinco para seis meses. Ele me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá", contou.

Sentindo medo e vergonha, além de viver um momento delicado por conta da gravidez, ela diz que optou por não denunciar Ivis. "Eu estava realizando um sonho, eu estava grávida. Eu sempre quis ser mãe. A gente entra num estado de negação, porque a gente não quer admitir pra gente mesmo, a gente quer procurar justificativa, a gente se culpa. É muito difícil".

Mesmo com Ivis preso e com uma medida protetiva que impede que ele se aproxime, Pamella tem medo do ex-marido, especialmente por conta da repercussão que o caso tomou. "Não sei do que ele é capaz. Ele pode entrar, pensar que a vida dele acabou, que não tem nada a perder e vai lá e faz alguma coisa comigo. Tenho muito medo, e vou continuar com medo um bom tempo", diz.

Ivis perdeu contratos e teve parcerias canceladas depois que a filmagem da agressão viralizou. A defede dele divulgou um vídeo no sábado em que o artista pede desculpas pela agressão e diz que cometeu um erro. "Eu estou passando aqui pra dizer pra cada um de vocês, pra você que é mãe, pra você que é filha, pra você que é pai, pra você que é família, pra você, Pamella: eu errei, assumo meu erro". 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas