Pelas ruas de Salvador

olhares
08.05.2020, 20:36:25
Atualizado: 08.05.2020, 21:01:05
Higienização das ruas da Boca do Rio. (Arisson Marinho/CORREIO)

Pelas ruas de Salvador

Um dia antes do início do bloqueio anunciado pelas autoridades, a população encheu as ruas da Boca do Rio, a Avenida Joana Angélica e as estações de metrô. Enquanto isso, a prefeitura fazia a higienização da área. Do outro lado da cidade, na Praia da Barra, um grupo furava bloqueio para buscar 'tesouros' trazidos pelo mar.

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Grande movimento de pessoas no final de linha da Boca do Rio.
Grande movimento de pessoas no final de linha da Boca do Rio. (Tiago Caldas/CORREIO)
Muitos pontos de aglomeração de pessoas na Boca do Rio.
Muitos pontos de aglomeração de pessoas na Boca do Rio. (Tiago Caldas/CORREIO)
Durante a manhã, funcionários trabalhavam na higienização do bairro.
Durante a manhã, funcionários trabalhavam na higienização do bairro. (Arisson Marinho/CORREIO)
A Avenida Joana Angélica estava tomada por pessoas e carros na tarde desta sexta-feira (08).
A Avenida Joana Angélica estava tomada por pessoas e carros na tarde desta sexta-feira (08). (Tiago Caldas/CORREIO)
Feirantes continuavam trabalhando normalmente na Avenida Joana Angélica.
Feirantes continuavam trabalhando normalmente na Avenida Joana Angélica. (Tiago Caldas/CORREIO)
O movimento também era grande na Estação Acesso Norte do metrô.
O movimento também era grande na Estação Acesso Norte do metrô. (Arisson Marinho/CORREIO)
Um grupo furou a quarentena e as barreiras de interdição nas praias, e decidiu explorar os pertences devolvidos pelas ondas e que ficaram perdidos pela areia.
Um grupo furou a quarentena e as barreiras de interdição nas praias, e decidiu explorar os pertences devolvidos pelas ondas e que ficaram perdidos pela areia. (Tiago Caldas/CORREIO)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas