'Pensei que ele ia me afogar', diz criança que viralizou em vídeo de batizado

bahia
30.07.2021, 12:10:00
Atualizado: 30.07.2021, 12:53:28

'Pensei que ele ia me afogar', diz criança que viralizou em vídeo de batizado

Vídeo compartilhado pelo tio chegou a 6 milhões de visualizações no TikTok 

Davi Henrique perguntou ao padre se ele não sabia batizar (Foto: Acervo Pessoal)

O pequeno Davi Henrique Araújo de Sousa, de 6 anos, viralizou com um vídeo na internet nesta semana. O motivo foi a afronta que fez ao padre durante o batizado, feito no último domingo (25), em Vitória da Conquista, no Centro Sul da Bahia. “Não pega minha cabeça, moço, que está ardendo. Não sabe batizar, não, é?”, pergunta.  

Quando o sacerdote derramava a água benta em sua cabeça, ele largou outra: “Ai moço! Molhou minha roupa toda”. Os comentários do garoto foram recriminados por alguns familiares, na brincadeira. “Não fala assim com o padre", diz um familiar, ao fundo. O padre levou na esportiva. Quando acabou a cerimônia, pediu o feedback: “Não sei batizar não, Davi”.  

O vídeo, postado, na última terça-feira (27), no perfil do tio Caio Sousa, 22, atingiu mais de 6 milhões de visualizações no Tik Tok em menos de dois dias. Alguns famosos, como a dançarina Lorena Improta, curtiram e compartilharam a publicação.  

Ao telefone, Davi explicou a reação ao padre: “Fiquei com medo de ele me afogar”, brinca. Segundo o mais novo tiktoker mirim, ele não imaginava que o vídeo ganharia tanta repercussão, mas está gostando da fama - não mais do que o playstation, seu hobbie favorito.  

A mãe, Juscimara Silva Araújo, 26, também não esperava. “Na verdade, a gente não tinha nem intenção de postar, mas, quando coloquei no grupo da família, todo mundo riu e quis que a gente postasse. Meu cunhado colocou no Tik Tok e foi esse sucesso”, esclarece.  

Juscimara diz que Davi sempre foi o gaiato da família. “Ele sempre foi assim, brincalhão, muito engraçado, espontâneo. Às vezes a gente tem que dar sinal para ele, se não ele não para”, conta. Na escola, é bom aluno, com boas notas, e não leva reclamação para casa.  

Para não perder o hype da fama e dar satisfação aos fãs, a mãe criou uma conta no Instagram (@davi_henrique006), onde irá postar vídeos da rotina do filho. “Criei ontem à noite um perfil e ele já está com quase 600 seguidores. Vou ficar postando vídeo dele, relatando a rotina, tenho muitos guardados. Mas nada é programado, ele faz tudo de maneira muito espontânea”, relata.  

Vídeo do batismo gerou mais de 6 milhões de visualizações em menos de 48h
Vídeo do batismo gerou mais de 6 milhões de visualizações em menos de 48h (Acervo pessoal da família)
Davi com a mãe, Juscimara, no batizado
Davi com a mãe, Juscimara, no batizado (Acervo pessoal da família)
Batizado de Davi, no último domingo (25)
Batizado de Davi, no último domingo (25) (Acervo pessoal da família)

O tio Caio, professor de educação física, confirma a personalidade do sobrinho. “Ele é bem autêntico, gosta de conversar, dançar e é bem sociável. Sempre que vai lá em casa, tem aquele jeitão dele, soltando algumas pérolas, que até gente adulta duvida”, narra.  

A cada vez que Caio checava a rede social, mais pessoas tinham visualizado. O pico foi na última quarta-feira (28). “Postei na terça-feira de noite e, quando acordei, tinha 15 mil visualizações. Depois do trabalho, lá para 12h, já tinha 280 mil e aí ontem começaram a ter bastante visualizações. Muita gente famosa curtiu e comentou”, afirma.  

O sobrinho disse ao tio, no entanto, que, se ficar rico, não vai compartilhar. “Ele tem noção da repercussão e disse que, quando receber muito dinheiro, não vai querer dividir”, conta, aos risos. A fama de Davi também rendeu bons frutos a ele: Caio ganhou 21 mil seguidores desde que o vídeo foi postado. 

O CORREIO procurou a Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz e São Vicente de Paulo, onde foi realizado o batizado, para conseguir falar com o padre, mas ele não foi localizado. 

*Sob orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas