Pés calibrados: Apesar de destro, Zé Rafael já marcou dois gols com a canhota

e.c. bahia
01.04.2017, 06:39:00

Pés calibrados: Apesar de destro, Zé Rafael já marcou dois gols com a canhota

Meia tricolor admite facilidade com a perna esquerda diz que 'acaba até confundindo os adversários'

O primeiro gol pelo Bahia aconteceu logo na estreia do Campeonato Baiano diante do Jacobina, segundo jogo oficial na temporada. De lá para cá, a seca de gols incomodou, mas bastou uma motivação especial para que Zé Rafael voltasse a balançar as redes. 

Zé Rafael marcou na última partida contra o Sergipe, em Aracaju (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

Prestes a ser pai, o meia tricolor estava ansioso em busca do seu segundo gol pelo clube, para poder homenagear o filho, ou filha, que está por vir, e sua esposa. “Faz pouco tempo que tive essa notícia e queria muito que saísse logo para poder homenagear a minha esposa. Acho que veio em boa hora. Fico feliz com isso e espero que agora, tirando esse peso, muitos mais saiam”, torce o jogador. 

Um detalhe curioso é que, apesar de destro, os dois gols marcados por ele nesta temporada foram com o pé esquerdo. Para Zé, a facilidade em bater na bola com os dois pés o coloca em vantagem sobre os adversários. 

“Muitos colegas falam que a minha perna boa é a esquerda e a direita que dá problema, que ela é ruim demais. Sou destro, mas tenho mais facilidade com a esquerda. É difícil encontrar uma pessoa destra que tenha mais facilidade com a outra perna. Mas isso é bom que acaba até confundindo os adversários”.  

A grande possibilidade de um Ba-Vi já nas semifinais da Copa do Nordeste, principalmente após a boa vantagem que ambos conseguiram no jogo de ida das quartas de final, já tem gerado grande expectativa. “A rotina vai mudar um pouco. A preparação já tá sendo intensa e com essa possibilidade de vários clássicos seguidos vai aumentar ainda mais. Nosso foco e determinação vão ser ainda maiores se isso vier a acontecer e nós vamos nos preparar muito para fazer bons jogos nos futuros clássicos”, acredita Zé Rafael.

Vale lembrar que o Bahia tem a vantagem de perder por qualquer placar com um gol de diferença, ou por 2x0 ou 3x1.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas