Pet não é brinquedo e requer responsabilidade a longo prazo

artigo
12.10.2018, 13:15:00

Pet não é brinquedo e requer responsabilidade a longo prazo

Com a proximidade do Dia das Crianças, muitos pais ficam na dúvida quando o filho pede um cachorro, gato ou qualquer outro pet de presente. E é muito importante que os pais deixem claro para as crianças, que ter qualquer espécie de bichinho de estimação não é como ter um brinquedo.  Cuidar de um animalzinho requer muita responsabilidade e de longo prazo, já que ele é um ser vivo que precisa de atenção com alimentação, saúde e higiene.   

Trazer um pet, por exemplo, para dentro do lar é um compromisso que deve ser muito bem pensado. É preciso pesquisar qual raça melhor se encaixa no perfil da família e se haverá tempo para cuidar, caso contrário, cancele a ideia.  Por isso é necessário levar em consideração que todos os membros da casa deverão ter a responsabilidade de zelar por ele, logicamente a parte mais pesada sempre ficará a cargo dos pais, mas as crianças podem ajudar com pequenas tarefas.

Não existe uma restrição de idade para que o novo membro da família possa conviver com as crianças. Desde que ambos estejam saudáveis, o contato até ajuda no desenvolvimento do sistema imunológico dos pequenos, além de desenvolver o senso de responsabilidade de saber que um animalzinho depende dos seus cuidados para viver. 

É necessário delegar funções que estejam de acordo com a idade das crianças. Para os muito pequenos, os pais devem estimular a relação para que desenvolvam o afeto e carinho pelos pets. Já para crianças maiores, é possível passar tarefas como trocar a água e a comida, passear, escovar o pelo e cuidar da higiene do bichinho. O ideal é incluir todos esses afazeres em uma planilha, lousa ou painel e deixar disponível para que a criança possa ver o que precisa ser feito em cada dia.

Além disso, para que se tenha um ambiente saudável e até mesmo evitar doenças nas crianças, os pais devem tomar alguns cuidados como, por exemplo:  não permitir que a criança beije o focinho do amigo; após brincar, a criança deve lavar as mãos; tratar o pet ao menor sinal de pulgas e até mesmo verminoses; e deixar sempre em dia as vacinas do animal.

O mais importante é fazer com que as crianças tenham a consciência de que um pet não é um brinquedo. É preciso conversar com seus filhos e mostrar o tamanho da responsabilidade de cuidar de um animalzinho, que praticamente se torna um membro da família por muitos anos.


René Rodrigues Junior é médico veterinário

Opiniões e conceitos expressos nos artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores


Relacionadas
Correio.play
A informação foi dada por uma das melhores amigas da drag, Michelle Visage
Ler Mais
Exigência é pré-requisito da CBF e Conmebol para disputar torneios em 2019
Ler Mais
Rival tricolor não venceu fora de casa na Série A, mas é um mandante acima da média; jogo de ida é quarta, na Fonte
Ler Mais
O chá de bebê foi realizado no último domingo (21)
Ler Mais
Publicação norte-americana também destaca, "sem surpresa", o fato de Bolsonaro ser comparado com Trump
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-obrigacao-do-estado-defender-o-stf-diz-oab-sobre-eduardo-bolsonaro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ed-sheeran-volta-ao-brasil-para-mais-dois-shows-de-sua-turne/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/decano-do-stf-rebate-filho-de-bolsonaro-inconsequente-e-golpista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-video-eduardo-bolsonaro-diz-que-nunca-defendeu-fechar-stf/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-se-alguem-falou-em-fechar-o-stf-precisa-consultar-psiquiatra/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/desinformacao-deliberada-ha-de-ser-combatida-diz-rosa-weber/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fhc-diz-que-declaracoes-de-filho-de-bolsonaro-cheiram-a-fascismo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/basta-um-soldado-e-um-cabo-para-fechar-stf-disse-filho-de-bolsonaro/