PF cumpre mandados contra grupo que criava empresas pra fraudar seguro-desemprego

bahia
20.07.2021, 08:56:00
Atualizado: 20.07.2021, 14:37:58
(Foto: Divulgação/PF)

PF cumpre mandados contra grupo que criava empresas pra fraudar seguro-desemprego

Empresas foram criadas em Feira de Santana e prejuízo estimado ao poder público é de mais de R$ 230 mi

A Polícia Federal cumpre nessa terça-feira (20) dois mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um de prisão temporária em Feira de Santana e Petrolina, no estado de Pernambuco, contra um grupo acusado de criar empresas fictícias para fraudar o seguro-desemprego. Os mandados foram todos expedidos pela 1ª Vara Federal da Seção Judiciária de Feira de Santana/BA, dentro da Operação Alarife. Dois dos mandados de prisão são cumpridos em Feira de Santana e um em Petrolina. 

De acordo com a PF, a investigação constatou que foram abertas empresas na Junta Comercial da Bahia com a utilização de documentos falsos com o único intuito de registrar falsos vínculos empregatícios para possibilitar o recebimento de seguro-desemprego. Até agora já há indicativos de que os fraudadores fizeram 59 requerimentos de seguro-desemprego para trabalhadores fictícios, causando um prejuízo de R$ 230.926,26 aos cofres públicos.

Os fraudadores obtiveram em Feira de Santana certificados digitais com a utilização de documentos falsos, e com a utilização deste equipamento, faziam as transmissões dos requerimentos do seguro-desemprego. Os investigados irão responder pelos crimes de associação criminosa e estelionato.

Balanço da operação
Segundo informações da PF, durante a operação foram cumpridos os mandados de busca e apreensão, mas sem nenhuma apreensão de valores e bens. Além disso, ninguém foi preso até o momento. No total, mais de 130 identidades falsificadas foram encontradas e apreendidas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas