PF desarticula grupo que desviou R$ 10 milhões em fraudes bancárias na Bahia e Ceará

bahia
04.12.2019, 09:16:49
Atualizado: 04.12.2019, 10:32:32
(Divulgação)

PF desarticula grupo que desviou R$ 10 milhões em fraudes bancárias na Bahia e Ceará

Polícia cumpre 8 mandados de prisão preventiva e 29 mandados de busca

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Para desarticular uma quadrilha especializada em fraudes bancárias, a Polícia Federal deflagrou uma operação nesta terça-feira (4) na Bahia e no Ceará. Cerca de 100 policiais federais cumprem 8 mandados de prisão preventiva e 29 mandados de busca nas cidades de Feira de Santana, Salvador, Santa Bárbara e Catu.

A investigação aponta que os envolvidos forjavam contratos sociais e outros documentos com dados falsos, simulando a existência de faturamentos e rendimentos de grande montante, que, com a conivência de funcionários das instituições financeiras, possibilitavam a obtenção de empréstimos que jamais eram quitados.

Segundo informações da Polícia Federal, as investigações começaram a partir de provas e colaborações premiadas obtidas na Operação Ali Babá, deflagrada em julho de 2016, e apontam a participação de servidores públicos e despachantes em desvios que superam os R$ 10 milhões. 

Os investigados vão responder pelos crimes de organização criminosa, estelionato, corrupção ativa e passiva, crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas