PF é questionada sobre perícia em celulares de filha e neto de desembargadora presa

satélite
06.05.2021, 05:45:00

PF é questionada sobre perícia em celulares de filha e neto de desembargadora presa


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Relator da Faroeste no Superior Tribunal de Justiça, o ministro Og Fernandes solicitou à Polícia Federal que informe se já foi feita perícia em dois iPhones pertencentes a Luciana e Lucas Santiago, respectivamente, filha e neto da desembargadora presa Maria do Socorro Barreto Santiago. Os smartphones foram apreendidos durante buscas realizadas em endereços ligados à magistrada na primeira fase da operação, em novembro de 2019. A decisão de Fernandes é resultado de uma ação em que a defesa da desembargadora pede a restituição dos aparelhos, protocolada no STJ em 16 de abril. Além de informar se houve análise nos iPhones e cobrar o relatório pericial, o ministro determinou ainda que a PF esclareça, até o próximo dia 8, se é necessário para a investigação mantê-los apreendidos.

Fora de foco
Ao relator da Faroeste, o Ministério Público Federal disse não haver elementos que possam confirmar o valor dos iPhones da filha e do neto de Maria do Socorro para a investigação sobre a venda de sentenças na Justiça baiana.

Rota de voo
O deputado federal Elmar Nascimento (DEM) trabalha intensamente para pavimentar a candidatura ao Senado em 2022, em movimento que passa pela troca de partido. Aos aliados mais próximos, Elmar confidenciou que está decidido a deixar o DEM e ingressar em uma legenda que lhe garanta maior poder interno. Nos planos do parlamentar, o alvo principal é o PL, sigla da qual foi filiado por dez anos.

Via alternativa
Embora dialogue cada vez mais com caciques do PDT, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, ampliou o leque de opções para tentar conquistar espaço na chapa majoritária da oposição ao governo do estado ano que vem. Agora, Bellintani ajustou a mira também sobre o PSDB.

Panos quentes
Parlamentares da bancada oposicionista na Assembleia cogitam aliviar a barra do deputado estadual Capitão Alden (PSL) no Conselho de Ética. Em vez da cassação de Alden por acusá-los de receber de R$ 1,6 milhão da prefeitura de Salvador, vão propor que ele seja suspenso.

Dendê na roda
O deputado federal Félix Mendonça Jr. (PDT) teve papel decisivo para barrar o projeto que institui o impeachment de ministros do Supremo por usurpação de poder do Congresso, rejeitado ontem pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ). Em meio a sinais que indicavam aprovação da proposta, Félix Jr. convenceu os três outros membros do PDT na CCJ a votarem contra a matéria, derrubada pelo placar apertado de 33x32.

Fim de jejum
A ida de Nelson Leal (PP) para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico encerrou a longa espera do ex-deputado Luiz Augusto (PP) na fila de suplentes. Após a inesperada derrota de Zé Raimundo (PT) na briga pela prefeitura de Conquista, a nomeação de Leal era a última chance de voltar à Assembleia.

"É inadmissível que depois de tantos anos, a Via Bahia não esteja cumprindo aquilo que lhe cabe no contrato. São vidas  expostas e colocadas em risco todos os dias" - Leur Lomanto Jr., deputado federal pelo DEM da Bahia, ao criticar a concessionária pelo que chama de falta de compromisso em melhorar trechos perigosos da BR-116, a exemplo da Serra do Mutum, entre Jequié e Jaguaquara.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas