Picapes em alta no Brasil: três novos modelos devem chegar ao país nos próximos meses

autos & etc
15.05.2021, 11:00:00

Picapes em alta no Brasil: três novos modelos devem chegar ao país nos próximos meses

A Chevrolet anunciou que irá produzir um novo utilitário, a Audi confirmou a chegada da nova geração do A3 e a Jaguar Land Rover inaugurou uma clínica de restauração de clássicos

A veterana Montana dará espaço a um novo produto da Chevrolet, uma picape maior, derivada do Tracker, mas posicionada abaixo da S10. “O modelo chegará para complementar a linha de picapes Chevrolet, além disso, vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, explica Carlos Zarlenga, presidente da General Motors América do Sul.

Essa é uma projeção da nova geração da Montana feita por Renato Aspromonte
Essa é uma projeção da nova geração da Montana feita por Renato Aspromonte
A picape será maior que a atual, para concorrer com Fiat Toro e Renault Oroch
A picape será maior que a atual, para concorrer com Fiat Toro e Renault Oroch
A Volkswagen também trabalha em um veículo desse porte, a Tarok
A Volkswagen também trabalha em um veículo desse porte, a Tarok
Nos Estados Unidos, a Hyundai começará a comercializar, em breve, a Santa Cruz
Nos Estados Unidos, a Hyundai começará a comercializar, em breve, a Santa Cruz

Com carroceria monobloco, como acontece com a Fiat Toro e a Renault Duster Oroch, quando chegar ao mercado, o novo utilitário da Chevrolet terá também a compania de novos produtos, como a Ford Maverick, que será importada do México, e a Volkswagen Tarok, que será produzida na Argentina. Daqui para lá, é possível que a Hyundai anuncie novidades sobre a Santa Cruz, que começa a ser comercializada mês que vem nos Estados Unidos.

Para receber o futuro modelo da Chevrolet, a linha de montagem da fábrica de São Caetano do Sul, no ABC paulista, será preparada em várias etapas, no intuito de minimizar os impactos na produtividade do complexo. A S10 é produzida em São José dos Campos, no interior de São Paulo. A projeção da futura picape é do designer Renato Aspromonte, que tem outros trabalhos no Instagram Overboost BR.

MERCADO ATUAL DE PICAPES 
Atualmente, o mercado de picapes médias no Brasil é liderado pela Toyota Hilux, que é seguida pela Ford Ranger, Chevrolet S10, Nissan Frontier e Mitsubishi L200. O segmento em que a nova geração da Montana será inserida tem apenas dois produtos: Fiat Toro e Renault Duster Oroch.

A outra categoria desse mercado é de compactas, que tem na disputa Fiat Strada, Volkswagen Saveiro e antiga geração da Montana - que teve a produção encerrada neste mês. Há ainda um mercado de picapes grandes, que atualmente tem apenas um produto no país, a Ram 2500. A Ford poderá entrar, com a F-150.

A Ford poderá importar a F-150 para disputar com a Ram 2500 (Foto: Ford)

PROPULSÃO ELÉTRICA
LiveWire, nome da primeira motocicleta elétrica da Harley-Davidson, agora batiza uma nova divisão do fabricante americano. Dessa forma, a empresa vai ampliar sua participação no ainda pequeno mercado de motos elétricas.

“Com a missão de se tornar a marca de motos elétricas mais desejada do mundo, a LiveWire será pioneira no futuro do motociclismo, na busca pela aventura urbana e muito mais. A LiveWire também planeja inovar e desenvolver tecnologias que serão aplicadas em motos elétricas da Harley-Davidson no futuro”, declarou Jochen Zeitz, CEO da empresa. O primeiro produto dessa nova fase será lançado em julho.

LiveWire, nome da primeira moto elétrica da Harley-Davidson, agora é uma nova divisão da marca americana (Foto: HD)

EM FASE DE EXPANSÃO
Atualmente, a atuação da Caoa Chery na Bahia está concentrada na Capital e em Feira de Santana, cidade mais populosa do interior. Mas até o final deste ano, a marca irá ampliar sua rede de concessionárias, tanto no interior, quanto na região metropolitana de Salvador.

Serão quatro novas lojas: Barreiras, Itabuna, Lauro de Freitas e Vitória da Conquista. No acumulado entre janeiro e abril, a empresa tem 1,69% de participação no mercado de automóveis, o que a deixa na 11ª posição em vendas, atrás da Ford e à frente de empresas como Peugeot e Citroën, por exemplo.

DESEMBARQUE CONFIRMADO
A Audi divulgou que a nova geração do A3 chegará ao país em setembro, já como modelo 2022. O fabricante alemão irá importar o veículo em duas configurações: sedã e hatchback, que chama de Sportback.

Inicialmente, a versão Performance Black será a única disponível no mercado brasileiro e os clientes interessados terão condições especiais durante o período de pré-venda: de R$ 284.990 por a partir de R$ 264.990 - o preço é o mesmo para qualquer tipo de carroceria.

Na mecânica, essa versão tem motor 2 litros turbo que entrega 190 cv de potência e 32,6 kgfm de torque. A transmissão é automática, com sete velocidades e dupla embreagem.

O Audi A3 chegará ao país nas carrocerias hatchback e sedã (Foto: Audi)

RESTAURAÇÃO DE CLÁSSICOS
Atualmente produzindo apenas um modelo, o Discovery Sport, a fábrica da Jaguar Land Rover no Brasil irá atender, a partir deste mês, modelos veteranos. A divisão, que ficará dedicada à restauração de veículos clássicos, fica em Itatiaia, no Rio de Janeiro, e conta com equipamentos e peças originais JLR.

O local terá um time especializado e dedicado à restauração minuciosa, mantendo assim a autenticidade dos produtos das marcas britânicas. Com uma oficina ampla e equipada, o local possui seis baias para montagem e desmontagem de veículos e uma cabine de pintura de alta performance dedicada às restaurações. É possível também agendar uma visita guiada à planta fabril, incluindo as instalações da Clínica de Restauração. Não há custos, basta agendar pelo telefone (21) 97251-2963.

A Jaguar Land Rover criou uma estrutura para restauração de modelos clássicos no Brasil (Foto: Fernanda Freixosa/ Land Rover)

PNEU DE PET?
A Michelin quer utilizar 40% de materiais sustentáveis na produção de seus pneus até 2030, e 100% até 2050. Em parceria com a bioquímica Carbios, está testando uma solução inovadora para a produção de pneus: uma enzima que é capaz de efetuar a despolimerização do plástico de tereftalato de polietileno (PET) proveniente de garrafas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas